PUBLICIDADE
Topo

MMA


VanZant critica salários pagos pelo UFC: 'Ganhei mais na Dança dos Famosos'

Paige VanZant fará a última luta de seu contrato no UFC 251 - Michael Owens/Zuffa LLC
Paige VanZant fará a última luta de seu contrato no UFC 251 Imagem: Michael Owens/Zuffa LLC

Ag. Fight

Ag. Fight

24/06/2020 15h13

Em meio a um cenário onde diversas estrelas do Ultimate tem reclamado publicamente sobre os salários pagos pela principal organização de MMA do planeta, Paige VanZant aproveitou para reforçar seu incômodo com a baixa recompensa financeira, em sua opinião, recebida por ela por suas apresentações. Em entrevista à 'ESPN' americana, a lutadora - que encara Amanda Ribas no UFC 251, no dia 11 de julho, na última luta de seu contrato com a entidade - prometeu testar o mercado assim que estiver livre de suas obrigações contratuais, deixando em aberto a possibilidade de receber ofertas de outras ligas.

Uma das atletas mais populares do plantel feminino do UFC, VanZant ostenta mais de 2,5 milhões de seguidores em seu perfil oficial no 'Instagram'. Boa parcela de seus fãs não necessariamente tem ligação com o mundos das lutas, já que a americana consegue se destacar também na mídia convencional, ao contrário de grande parte de suas colegas, como em sua participação na competição de dança televisionada 'Dancing With The Stars' (versão americana do 'Dança dos Famosos'), em 2016.

Ao reclamar dos salários pagos pelo Ultimate, a lutadora cita seus rendimentos com contratos de publicidade nas redes sociais, que, segundo ela, superam os valores recebidos competindo em seu esporte. À 'ESPN', VanZant ainda revelou que, mesmo somando todo o dinheiro recebido dentro do UFC, a quantia financeira conquistada por ela ao participar do programa 'Dancing With The Stars' supera os ganhos na principal liga de MMA do planeta.

"Todo mundo sabe quanto eu ganho. Eu ganho 46 mil dólares para lutar, 46 e 46 (por vitória). Eu não vou esconder isso, todo mundo sabe. Eu posso ganhar muito mais dinheiro do que isso apenas promovendo marcas no Instagram. Eu ganhei mais dinheiro no 'Dancing With The Stars' do que eu ganhei na minha carreira inteira no UFC, (contando) todas as lutas, todas as vitórias e todos os bônus. Isso só mostra que o dinheiro está lá", revelou Paige, antes de destacar que, para provar seu foco no esporte, desistiu momentaneamente dos contratos de publicidade no 'Instagram'.

"Eu amo lutar, é o que eu amo fazer. E para essa luta, eu desisti de todos os patrocinadores, eu não tenho postado nada no Instagram, nada importa para mim, a não ser essa luta. É uma página em branco para mim, eu não estou promovendo nenhum patrocinador, eu não tenho nada. Eu estou apenas animada para entrar lá e provar o meu valor para absolutamente todo mundo, e eu acho que lutando é como você faz isso", concluiu.

Longe dos octógonos desde janeiro de 2019, em razão de constantes fraturas no braço, Paige VanZant busca terminar seu contrato atual com o Ultimate em alta, com uma vitória sobre a brasileira Amanda Ribas, no card principal do UFC 251, primeiro evento a ser realizado na 'Ilha da Luta', em Abu Dhabi. Em 12 lutas no MMA profissional, a americana soma oito triunfos e quatro derrotas, enquanto a mineira possui nove resultados positivos e apenas um revés.

MMA