PUBLICIDADE
Topo

MMA


Dana elogia Dominick Reyes e prevê vida dura para Jon Jones: "Luta enorme"

Ethan Miller/Getty Images
Imagem: Ethan Miller/Getty Images

02/01/2020 09h00

Invicto no MMA profissional após 12 combates, Dominick Reyes enfrentará o maior desafio de sua carreira no dia 8 de fevereiro, quando disputará o cinturão meio-pesado (93 kg) do Ultimate contra Jon Jones, no UFC 247. Ainda que o desafiante não seja uma estrela consolidada no esporte, Dana White - presidente da organização - demonstrou confiança de que ele irá impor dificuldades para o campeão.

Em entrevista à emissora americana 'ESPN', o dirigente elogiou Reyes, que possui seis vitórias nos octógonos do UFC. De acordo com White, o fato do desafiante não ser um nome facilmente reconhecido pelo fã casual, não diminui seu talento e suas chances de vencer o campeão Jon Jones.

"Essa é uma luta enorme para Jon Jones. Dominick Reyes é um garoto malvado. Jovem, faminto, essa vai ser uma luta muito interessante para Jon Jones. Dominick Reyes não é um grande nome que você conheça, mas se você entende de luta, Dominick Reyes é um talento verdadeiro. E um desafio muito duro para Jones. Se ele passar por essa luta, e vencer novamente, Jones é uma aberração da natureza", declarou Dana White, segundo transcrição do site 'MMA Junkie'.

A escalação de Reyes expõe um problema que tem sido motivo de reclamação por parte de Jon Jones nos últimos tempos: a transição entre veteranos consagrados e jovens com potencial pela qual vem passando o topo da divisão dos meio-pesados, e que gera uma dificuldade de casar grandes disputas pelo título. De olho nessa questão, 'Bones' já vislumbra uma possível subida para o peso-pesado, onde, além do novo desafio, encontraria duelos mais atraentes. Entretanto, Dana White ainda não está pronto para tratar este assunto.

"Eu não sei sobre ele ir para o peso-pesado. Acho que ele está confortável no meio-pesado, e sempre que você acredita que não existe outro desafiante para Jon Jones, aparece um novo desafiante para Jon Jones. Eu não sei, nós vamos ter que ver como isso se desenrola. Ele tem que passar por Dominick Reyes primeiro, antes de você começar a pensar sobre peso-pesado ou outra coisa", concluiu o dirigente.

Em 27 combates no MMA profissional, Jon Jones acumula 25 vitórias, um no contest (sem resultado) e apenas uma derrota. Seu revés ocorreu em dezembro de 2009, diante de Matt Hamill, por desqualificação após aplicar um golpe ilegal. Além do duelo entre 'Bones' e Reyes, o UFC 247 já tem confirmada a disputa entre Valentina Shevchenko e Katlyn Chookagian, pelo cinturão peso-mosca (57 kg) feminino.

MMA