Topo

MMA


De olho em título, Blachowicz minimiza jiu-jitsu de Jacaré: Sou faixa-preta

O meio-pesado polonês foi só elogios ao falar sobre sua estadia no Brasil - Tobias Bunnenberg
O meio-pesado polonês foi só elogios ao falar sobre sua estadia no Brasil Imagem: Tobias Bunnenberg

Marcel Alcântara e Neri Fung, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

16/11/2019 07h00

Atual número seis do ranking, Jan Blachowicz aceitou encarar Ronaldo 'Jacaré', que faz sua estreia nos meio-pesados (93 kg) neste sábado (16), no UFC São Paulo. E, apesar de saber das credenciais de seu rival - principalmente no chão - o atleta polonês destacou, em entrevista exclusiva à equipe de reportagem da Ag. Fight, que se sente confiante com o seu nível de jiu-jitsu atual para encarar o brasileiro especialista na modalidade.

Assim como 'Jacaré', Blachowicz é faixa-preta na arte suave. Além disso, o polonês aproveitou sua longa estadia no Brasil para afiar ainda mais seu jogo de chão e se preparar da melhor forma para seu adversário deste sábado. Afinal de contas, um triunfo no UFC São Paulo pode aproximá-lo ainda mais da briga pelo cinturão - que hoje pertence a Jon Jones.

"Realmente acho que sim, ele é o atleta mais perigoso no chão (que já enfrentei). Mas acredito que estou pronto para isso. Também sou faixa-preta, sei como me defender e também finalizar as pessoas no chão, então estou pronto para ele. Sim, (investi em defesas de queda) mas se a luta for para o chão, eu também sou faixa-preta, então sei como virar no chão. Estou pronto para tudo que ele tiver para mim. Ele também tem poder de nocaute, então também tenho que estar atento a isso", analisou Jan, antes de falar sobre sua estadia no país.

"Estou aqui a mais de duas semanas, ficamos no Rio de Janeiro, cheguei em São Paulo no domingo. Treinei na 'TFT MMA', e tive um ótimo período lá, pude terminar meu camp lá com ótimos parceiros de 'sparring', muitos faixa-pretas que me ajudaram a me prepara para um jogo de jiu-jitsu, então estou pronto", completou o meio-pesado.

Caso vença 'Jacaré' na luta principal do UFC São Paulo, Blachowicz afirmou que o feito seria o necessário para credenciá-lo a um 'title shot'. No entanto, caso o Ultimate não confirme seus planos, o polonês revelou que está disposto a encarar um dos principais atletas em ascensão da categoria: Corey Anderson - com o qual ele já, inclusive, possui um histórico.

"Todos querem uma chance pelo cinturão, veremos. Primeiramente, temos que vencer o Jacaré no sábado e, então pensaremos na próxima luta. Mas com certeza, acredito que se eu vencer o Jacaré, serei o próximo desafiante ao título", projetou Blachowicz, antes de relembrar sua rivalidade com Corey.

"Sim, com certeza eu enfrentaria ele de novo. Quando lutamos, ele deu muita sorte. Porque ele me pegou quando estava... - enfim, ele me ganhou, não há o que dizer, mas não fez nada especial. Se ele concordar em me dar a revanche, posso provar que foi sorte ele ter me vencido na primeira vez", concluiu o polonês.

Por se tratar da luta principal da noite, o confronto entre Jan e 'Jacaré' terá cinco rounds. No entanto, em conversa com a Ag. Fight, o polonês apostou que o duelo será interrompido no segundo ou terceiro assalto. Já o 'co-main event' do show trará outra lenda nacional. Maurício 'Shogun' mede forças com Paul Craig - também na divisão dos meio-pesados.

MMA