Topo

MMA


Dana aceitaria acordo de uma luta com Cyborg por revanche contra Amanda

Amanda Nunes e Cris Cyborg conversam após luta no UFC 232, na Califórnia - Josh Hedges/Zuffa LLC
Amanda Nunes e Cris Cyborg conversam após luta no UFC 232, na Califórnia Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Ag. Fight

25/07/2019 12h46

O presidente do UFC, Dana White, parece mesmo convencido que Cris "Cyborg" Justino não quer enfrentar novamente Amanda Nunes. A ex-campeã peso-pena (66 kg) volta ao octógono neste sábado (27) para cumprir a última luta de seu contrato com a organização. No entanto, o cartola está disposto a fazer um acordo de apenas uma luta com Cyborg para que a revanche aconteça.

O combate contra Felicia Spencer será a segunda principal do UFC 240. No entanto, o aparente atrito entre a lutadora e o cartola dificulta uma possível renovação contratual. A atleta da "Chute Boxe" já deu indícios de que poderia testar o mercado ao se tornar uma agente livre, porém o presidente da organização ofereceu uma alternativa para a permanência de 'Cyborg'.

"É claro que eu ainda a quero por perto, nós não estamos tentando nos livrar dela. Estamos tentando resolver isso. Se ela quiser, ela poderia assinar um contrato de uma luta e enfrentar a Amanda Nunes", declarou Dana White, segundo o site "MMA Junkie"

Entretanto, caso aceitasse a proposta e vencesse a revanche, 'Cyborg' estaria presa ao UFC, graças à "cláusula dos campeões", padrão nos contratos firmados. Ao comentar sobre o assunto, o cartola voltou a afirmar que não acredita que a ex-campeã queira uma segunda luta com a compatriota.

"Em caso de vitória, ela não estaria livre para negociar com outras empresas. Ela estaria com o cinturão e há uma cláusula no contrato que a impediria de sair. Mas ela não quer lutar com a Amanda. Ponto final. Fim da história", concluiu.

A veterana do MMA manteve uma invencibilidade por mais de uma década. Durante esse período, conquistou o cinturão do peso-pena no Strikeforce, Invicta FC e UFC. Em seu cartel possui 20 vitórias e apenas duas derrotas.

MMA