Dia 9 do Pan 2023: Brasil passa Canadá e cola no México em dia de 8 ouros

Em dia dourado, o Brasil passou o Canadá e encostou no México na briga pela segunda posição do quadro de medalhas dos Jogos Pan-Americanos de Santiago. A delegação verde e amarela ganhou oito ouros hoje (29) e chegou a 34 no total. O Time Brasil tem ainda 39 de prata e 33 de bronze, atingindo 106 pódios.

Potência

O Brasil conquistou seis medalhas na canoagem slalom. Ana Sátila conquistou o tricampeonato na categoria C1 feminina e, mais tarde, buscou mais um ouro no caiaque cross. O terceiro ouro ficou com Guilherme Mapelli, no caiaque cross masculino.

No C1 masculino, Kauã dos Santos conquistou a medalha de prata, que também veio no K1 masculino, com Pedro Gonçalves, o Pepê. Omira Estácio, irmã de Ana Sátila também foi medalhista de prata na categoria K1.

Campanha histórica

Laura Pigossi venceu a argentina Lourdes Carlé por 2 sets a 0 (6/2 e 6/3) sem sustos e garantiu o ouro na chave simples feminina. Foi o segundo ouro de Laura, que já havia conquistado a medalha dourada nas duplas femininas.

Mais cedo, Thiago Monteiro venceu o duelo brasileiro com Gustavo Heide que valeu a medalha de bronze. A vitória por 2 sets a 1 foi de virada (1/6, 6/3 e 7/6).

Com os resultados do dia, o Brasil fez a segunda melhor campanha de sua história na modalidade, com cinco medalhas (três ouros, uma prata e um bronze). Em São Paulo-1963, a delegação brasileira conseguiu seis medalhas — uma prata a mais.

Pan 2023: Guilherme Schmidt, ourno na categoria até 81kg, do judô
Pan 2023: Guilherme Schmidt, ourno na categoria até 81kg, do judô Imagem: Wander Roberto/COB
Continua após a publicidade

Domínio no tatame

No segundo dia de competições no judô em Santiago, a delegação brasileira conquistou mais dois ouros, com Guilherme Schimidt e Gabriel Falcão, teve até uma dobradinha no pódio e somou mais quatro medalhas.

Guilherme Schimidt aplicou um waza-ari e imobilizou por mais de 10 segundo o chileno Jorge Perez. Assim, conquistou o título no masculino até 81Kg.

A final masculina 73Kg seria 100% brasileira, entre Daniel Cargnin e Gabriel Falcão, mas não aconteceu no tatame. Cargnin sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo durante a semifinal e, após avaliação médica, não teve condições de disputar a decisão.

Ketleyn Quadros ficou com o bronze no feminino 63kg. Ela venceu a colombiana Cindy Paola.

Bicampeonato no basquete feminino

O Brasil conseguiu o bi no basquete feminino ao vencer a Colômbia por 50 a 40. A equipe brasileira começou bem, conseguiu manter a vantagem no placar e venceu com certa tranquilidade.

Continua após a publicidade

Esse foi o segundo ouro consecutivo na modalidade que o Brasil. O país já tinha sido campeão em Lima-2019.

Handebol

O Brasil enfrentou a Argentina na decisão pelo ouro, que valia também a vaga olímpica. O duelo começou apertado, mas depois as jogadoras brasileiras se soltaram e fecharam o confronto em 30 a 18, carimbando o passaporte da seleção para Paris-2024.

Primeira medalha no atletismo

O primeiro dia de atletismo foi marcado por uma grande confusão na prova da marcha atlética feminina, que não teve brasileiros no pódio. A medição da distância foi errada e as competidores completaram a prova antes dos 20 km. Já Caio Bonfim repetiu o desempenho de Lima-2019 e ficou com a prata no masculino.

Brasil conquistou medalhas de prata e bronze no hipismo no Pan 2023
Brasil conquistou medalhas de prata e bronze no hipismo no Pan 2023 Imagem: Foto: Miguel Campos/Santiago 2023 via Photosport
Continua após a publicidade

Vaga olímpica para o hipismo

O Brasil está classificado aos Jogos Olímpicos de Paris no hipismo CCE (conjunto completo de equitação) por equipes. A vaga veio com a conquista da medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Santiago.

Na mesma modalidade, mas no individual, Márcio Jorge ficou com a medalha de prata.

Dobradinha no mar

Na maratona aquática, Ana Marcela Cunha ficou com a medalha de prata. Viviane Jungblut também foi ao pódio, com o bronze na mesma prova.

Vitória no futebol

O Brasil continua 100% no futebol masculino. Hoje, na terceira partida da primeira fase, a vitória mais tranquila até o momento: 3 a 0 sobre Honduras e primeiro lugar garantido.

Continua após a publicidade

Na semifinal, os brasileiros encaram o México, em jogo marcado para a próxima quarta-feira (1), às 20h.

PROGRAMA DESTINO: PARIS

Durante o Pan 2023, todos os dias o UOL fará a transmissão do programa Destino: Paris, às 19h, para comentar os principais eventos de Santiago com ilustres convidados. Acompanhe aqui.

CANAL RUMO ÀS OLIMPÍADAS NO WHATSAPP

Se você gosta de esporte olímpico, entre no canal de WhatsApp para receber notícias, memes e enquetes sobre todas as modalidades. É só clicar aqui.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes