PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neto pede saída de Sylvinho após empate: 'Tomou sufoco do Grêmio'

Neto, no Os Donos da Bola, da TV Band - Reprodução/TV Band
Neto, no Os Donos da Bola, da TV Band Imagem: Reprodução/TV Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/12/2021 13h33

Apresentador e comentarista da TV Band, Neto criticou o técnico Sylvinho, do Corinthians, após o empate do time paulista em casa com o Grêmio, por 1 a 1, ontem (5), pelo Brasileirão. Na opinião de Neto, mesmo tendo bons jogadores para comandar, o treinador não tem conseguido montar um bom time.

Neto não ficou nada satisfeito com o fato de o Corinthians, mesmo jogando em casa, ter saído atrás no marcador contra o Grêmio, que luta contra o rebaixamento. O empate do time corintiano veio nos minutos finais do jogo.

"Se você, Duílio, se você Roberto de Andrade - que já foi diretor, virou presidente e agora é diretor de novo, uma coisa impressionante. E vocês não são remunerados. Só o Alessandro. É um amor impressionante. E vocês vão manter o Sylvinho como treinador? Não tenho nada contra o Sylvinho, é uma boa pessoa, maravilhoso, humilde, gente boa, incrível. Foi maravilhoso comigo, jogou comigo, ganhou título no Corinthians. Mas não pode ser treinador do Corinthians", disparou no "Os Donos da Bola", hoje.

"O que você fez ontem mostra que você não pode ser. Você tem um time muito bom, mas você faz seu time mais ou menos. Não adianta ter uma carne boa e um churrasqueiro mais ou menos. Não adianta ter uma Ferrari e não ter dinheiro para pôr gasolina. Não adianta. Não consegue fazer o time jogar. Ficou atrás da bola. Tomou um sufoco do Grêmio, que jogou com medo em todos os instantes", continuou.

O ex-jogador criticou a posição em que Renato Augusto foi escalado - como volante -, e elogiou o camisa 8 do Corinthians por ter mostrado iniciativa dentro de campo, avançando para criar jogadas de ataque. Neto ainda criticou a entrada de Luan na partida.

"Colocou o Renato Augusto de volante. É que ele é um Pelé, é um monstro, jogador de seleção brasileira para a Copa do Mundo. Ele viu que tinha que ir para frente. Ele só jogou bem no Corinthians como 8. Ele já tinha chutado duas ou três vezes daquele jeito. Já tinha dado passe para o Willian, que foi o melhor jogador em campo. Foi o craque do jogo. E você tira o cara para por o Luan. Vai botar o Luan na casa do caramba. Para fazer média", declarou.

"Botar o Luan por quê? Se o Luan quisesse fazer gol, ele não passava a bola para o Róger Guedes. Se ele quisesse fazer gol, ele dribla e sai na cara do Chapecó, mas ele passa a bola para o Róger Guedes. Sabe por quê? Para tirar a responsabilidade dele de fazer o gol. Se fosse o Willian, ia para dentro do gol", finalizou Neto.

UOL Esporte vê TV