PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Derrota do Corinthians para o Galo deixa Neto 'pistola': 'Era para ser 7'

Neto, apresentador do programa Os Donos da Bola, da Band - Reprodução/Band
Neto, apresentador do programa Os Donos da Bola, da Band Imagem: Reprodução/Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/11/2021 14h01

Após a derrota do Corinthians por 3 a 0 para o Atlético-MG, ontem (10), no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, o apresentador Neto demonstrou toda a sua insatisfação com o time paulista no "Os Donos da Bola", da TV Band, hoje. Na opinião do ex-jogador, o Corinthians poderia ter perdido por uma diferença maior se encontrasse o Galo em um dia bom.

Neto fez críticas aos jogadores do time e opinou que eles demonstraram pouca vontade em um cenário bastante favorável para fazer o oposto.

"Agora, vocês, jogadores de hoje, não têm o dever, a satisfação de jogar bola. Vocês não têm tesão por jogar bola. Sabe o que vocês têm? Tesão por ganhar dinheiro. E que, por sinal, está tudo certo. Pô, jogar um jogo daquele, contra o Atlético-MG, 60 mil pessoas, que é o campeão brasileiro, um time monstro, que o Hulk e o Zaracho não jogaram bem, o Nacho não jogou, o Jair ficou no banco, o Mariano sentiu, o Arana fez um jogo razoável, o Corinthians perdeu de 3. Se os caras jogassem mesmo, era 7. Só que ninguém deu porrada, fizeram quatro faltas, não deram um chute no gol o Corinthians", disparou o apresentador.

"Então, Sylvinho, desculpa, mas não venha mentir para mim na coletiva. Você acha que eu sou otário? Eu tenho cara de babaca? Que eu não entendo de futebol? Você está de brincadeira comigo? (...) Eu não jogo mais futebol, não jogo mais bola. Quem joga é você, Cássio. Por sinal, jogadorzinho hoje no futebol brasileiro [não pode ser criticado]. Eu fui criticado a minha vida inteira: gordo, marceneiro - não era nem mercenário, era marceneiro -, maconheiro, vagabundo, bêbado. Maconheiro, então? 'Você não joga nada, só come lanche, toma caldo de cana'", disse Neto.

Outro alvo das críticas de Neto foi o treinador Sylvinho, que, na opinião do comentarista, tem insistido no erro de escalar Renato Augusto como centroavante. O apresentador, porém, não poupou o meia corintiano das críticas, dizendo que ele deveria se impor e dizer ao técnico que não rende bem na função.

"Oh, Sylvinho, desculpa, você é um menino maravilhoso, jogou no Celta de Vigo, no Barcelona, no Corinthians, saiu do Terrão. Será que você não percebeu que o Renato Augusto não pode jogar de centroavante? Que o Jô, que é centroavante, também não pode jogar de centroavante. Olha que loucura que eu estou falando!", acrescentou.

"Sabe por quê? Você, Renato Augusto, é culpado. Não é o Sylvinho. Pela experiência que você tem, você deveria falar assim: 'Eu já joguei uma vez de centroavante, não foi legal. Cheguei em casa e meu filho disse que eu não dei um chute no gol'. Minha mulher falou: 'Não dá bem, os caras estão metendo o cacete em você', continuou.

"Daqui a pouco, Renato Augusto, você vai ser responsabilizado por jogar de centroavante. Você não faz gol. Já não fazia, mas é excelente, joga de terno. Joga bonito. Mas não jogou bonito ontem. Você tomou cinco porradas no jogo. Você está jogando de costas. Não pode jogar de costas. Você tem que jogar na diagonal, de frente, tem que fazer o Mosquito jogar, o Róger Guedes, que está numa 'perna', [jogar]", complementou.

As críticas de Neto se estenderam ao goleiro Cássio, que, na opinião do apresentador, falhou no primeiro gol do Atlético-MG, marcado por Diego Costa em um chute de fora da área. O ex-jogador afirmou que o arqueiro corintiano fez o movimento errado ao tentar defender a bola e que dizer que ele escorregou é mentira.

Neto também insinuou que Cássio está acima do peso e questionou Sylvinho se o goleiro merece a titularidade diante do desempenho que tem apresentado nas últimas partidas do Corinthians.

"E você, Cássio (...), tomou um baita frango, você caiu de barriga. Você caiu de barriga. E não dá desculpa, não. Nem você, nem treinador de goleiro. Não é verdade que você escorregou. Você estava dando passo para trás de novo. Você não fez o que o Velloso ensinou, todo mundo. Quando você dá um passo para trás, você cai com a barriga. A gente não pode acabar com você por um gol. Você é um dos maiores ídolos da história do Corinthians. Eu perco para você. Você é um goleiro extraordinário", disparou Neto.

"Mas eu vou perguntar para o Sylvinho: por que você está escalando o Cássio? Ele está jogando bem? Está no peso certo? Está indo legal? 'Ah, beleza, está tudo certo'. Agora, colocar para bater recorde, desculpa. Eu não quero bater recorde aqui na Band, eu quero audiência, patrocinador, o Velloso, o Souza, falar de futebol", finalizou.

UOL Esporte vê TV