PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Ex-atleta olímpico que compôs para Sandy & Junior falha no The Voice +

Claudio DaMatta, cantor, compositor e ex-atleta olímpico, durante audições às cegas no The Voice + - Reprodução/Globo
Claudio DaMatta, cantor, compositor e ex-atleta olímpico, durante audições às cegas no The Voice + Imagem: Reprodução/Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/02/2021 04h00

Cláudio DaMatta participou da edição de ontem (31), na fase de audição às cegas, do "The Voice+", reality show musical da Globo que recebe cantores acima de 60 anos de idade. E, se você está se perguntando porque está lendo isso no UOL Esporte, a explicação está no passado do cantor.

Natural do Rio de Janeiro, DaMatta participou da Olimpíada de Moscou, em 1980, no salto em altura. "Lá na Olimpíada, eu estava com abstinência de música. Fui obrigado a comprar um violão, fiquei bastante tempo com ele. Acabei me juntando aos amigos de outra modalidade que também gostavam de música", contou o ex-atleta em seu vídeo de apresentação para o programa.

Hoje com 63 anos, Cláudio é um compositor de mão cheia. Ao lado de Álvaro Socci, seu grande parceiro na carreira musical, escreveu as canções "As Quatro Estações" e "Era Uma Vez", que fizeram sucesso com a dupla Sandy & Júnior.

DaMatta também compôs "Pior é te perder", de Zezé di Camargo e Luciano, e músicas infantis cantadas por Xuxa, entre elas, "Pipoca" e "Libera Geral".

Nenhum dos jurados do programa virou a cadeira para Claudio DaMatta, e o artista não foi selecionado para seguir no programa. Ontem, o ex-apresentador da ESPN, João 'Canalha', também participou do The Voice +.

UOL Esporte vê TV