PUBLICIDADE
Topo

Com vitória do Chelsea e título do Liverpool, ESPN bate recorde na pandemia

Julian Finney/Pool via REUTERS
Imagem: Julian Finney/Pool via REUTERS

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

25/06/2020 21h43

A vitória por 2 a 1 do Chelsea contra o Manchester City nesta quinta (25), que ajudou o Liverpool a conquistar seu 19º título inglês depois de 30 anos de jejum, fez a ESPN Brasil obter uma marca respeitável. O jogo conseguiu o maior índice de uma partida de futebol durante a pandemia do novo coronavírus, desde que as ligas voltaram a acontecer no último mês de maio.

Segundo dados prévios de audiência do Painel Nacional de Televisão (PNT), que compõe a média das 15 principais metrópoles do Brasil, e que foram obtidos pelo UOL Esporte, a partida com narração de Paulo Andrade e comentários de Mauro Cezar Pereira marcou 2.2 pontos de audiência, atingindo a liderança entre todos os canais de TV por assinatura.

O jogo, exibido das 16h15 às 18h15, conseguiu vencer a GloboNews, canal de notícias campeão de audiência na TV paga durante a pandemia. O bom resultado da partida entre Chelsea x City também ajudou a inflacionar o programa "Futebol na Veia", apresentado por William Tavares e que foi ao ar logo depois.

A atração conseguiu 0.4 ponto de média no PNT e foi líder de audiência entre os canais esportivos, além de top 10 entre os canais mais vistos da TV por assinatura. O programa de debates tem conseguido bons números aproveitando a entrega em alta da audiência de jogos ao vivo, incluindo transmissões da Premier League.

Os canais Disney são as únicas emissoras de TV esportiva com jogos ao vivo. ESPN e Fox Sports estão compartilhando eventos como o Campeonato Espanhol, Alemão e Inglês. Com as partidas, o grupo espera que seus canais recuperem parte dos números que tinham antes da pandemia do novo coronavírus, subindo posições no ranking da TV paga.

UOL Esporte vê TV