PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Globo suspende programas do SporTV e diminui tempo do Esporte Espetacular

Bem, Amigos de Galvão Bueno segue na grade do Sportv por enquanto - Reprodução/SporTV
Bem, Amigos de Galvão Bueno segue na grade do Sportv por enquanto Imagem: Reprodução/SporTV

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

21/03/2020 16h56

Em um novo comunicado interno enviado na tarde deste sábado (21) por Renato Ribeiro, diretor responsável do Esporte da Globo, a emissora anunciou aos funcionários novas medidas para reduzir ainda mais o fluxo de profissionais em atividade na emissora, em medidas decorrentes do combate ao risco da pandemia do coronavírus.

O SporTV passará a ter apenas quatro horas ao vivo agora. Já o Esporte Espetacular perdeu 15 minutos de duração na edição de amanhã (22). Além disso, existem estudos para desativar o departamento, assim como fez a ESPN, nos próximos dias.

Segundo apurou o UOL Esporte, a partir desta segunda (23), o SporTV passará a ter quatro horas ao vivo, concentradas no horário nobre, das 19h às 23h. Programas tradicionais como Seleção SporTV, Redação SporTV e SporTV News foram suspensos por tempo indeterminado. A Faixa Especial, recentemente criada, deixará de ser noticiosa e passará a contar com produtos especiais.

Na segunda, por exemplo, o SporTV vai reprisar a final da Copa do Mundo de 2002, com narração inédita de Gustavo Villani. Logo após, o Bem Amigos! entra no ar. A partir de terça, apenas a Faixa Especial e o Troca de Passes serão mantidos. Para cuidar destas atrações, a ordem é que apenas 20 pessoas sejam escaladas para ir até a sede do Esporte da Globo, tanto no Rio, como em São Paulo.

Na Globo, o Esporte Espetacular irá ao ar das 10h às 12h30, em vez do seu horário normal (10h às 12h45, sem F-1 na grade), perdendo 15 minutos de duração. A reportagem apurou que esta pode ser a última edição do programa esportivo, pelo menos durante a crise do coronavírus. Na próxima semana, está em estudo a suspensão da revista eletrônica esportiva por tempo indeterminado.

Além disso, o Esporte da Globo manifestou que já emprestou mais de 60 profissionais para o Jornalismo geral, para assim ajudar a emissora a cobrir a pandemia do coronavírus. O número inicial previsto era de 40. Esse contingente pode aumentar substancialmente ainda, porque a demanda de cobertura do Jornalismo só aumenta dia a dia.

Globo pode paralisar departamento de Esporte

Renato Ribeiro e sua equipe tomaram esta atitude por serem pressionados pelos profissionais do Esporte após a suspensão total da programação da ESPN Brasil na noite desta última sexta-feira (20). O UOL Esporte apurou que a direção do Esporte da emissora carioca entendeu que a situação está realmente grave e que era preciso tomar uma atitude mais drástica.

Nesta semana, uma reunião vai definir se todos os programas esportivos de Globo e SporTV serão suspensos por tempo indeterminado, com a cobertura esportiva se restringido ao online com profissionais realizando o trabalho a partir de casa, como já está acontecendo. Essa medida tem apoio dos contratados.

Anteriormente, o Esporte da Globo já havia tomado algumas precauções. Entre elas, estavam profissionais que fazem parte do grupo de risco já não estavam trabalhando; o estacionamento da emissora está liberado no RJ e em SP sem custos adicionais; aplicativos de transporte também estão liberados de forma gratuita no deslocamento casa-trabalho-casa; várias funções estão trabalhando em regime de home office.

O Grupo Globo respondeu a reportagem com o seguinte comunicado:

"Não é verdade que a decisão anunciada hoje para a equipe seja consequência de qualquer tipo de pressão. Ao contrário do que tem sido dito pelo UOL, a equipe de jornalistas do Esporte da Globo está ciente do compromisso que temos com o público neste momento tão difícil. Além de mantermos uma grade provisória que mistura informação sobre os impactos da pandemia no mundo do Esporte e reprises de momentos históricos, já cedemos 60 profissionais ao jornalismo da Globo e é possível que este número aumente.

As discussões sobre as nossas rotinas são diárias e as mudanças, também podem ser. Todos os nossos esforços são para proteger as pessoas que trabalham conosco, sem esquecer o compromisso que todos assumimos quando abraçamos a profissão de jornalista."

UOL Esporte vê TV