PUBLICIDADE
Topo

Ana Patrícia e Rebecca perdem para os EUA por 2 sets a 1 no vôlei de praia

A dupla brasileira Ana Patricia/Rebecca durante o jogo contra Claes/Sponcil, dos Estados Unidos, no vôlei de praia - JOHN SIBLEY/REUTERS
A dupla brasileira Ana Patricia/Rebecca durante o jogo contra Claes/Sponcil, dos Estados Unidos, no vôlei de praia Imagem: JOHN SIBLEY/REUTERS

Do UOL, em Sâo Paulo

30/07/2021 21h59

Ana Patrícia e Rebecca perderam para as norte-americanas Kelly Claes e Sarah Sponcil por 2 sets a 1 (17/21; 21/19 e 15/11) na disputa do vôlei de praia nas Olimpíadas de Tóquio 2020, mas garantiram a classificação para a próxima fase da competição.

Com o resultado, a dupla brasileira, que está na segunda colocação do Grupo D, espera a combinação de resultados para saber qual será o caminho no 'mata-mata'.

As duas primeiras duplas de cada grupo e as duas melhores terceiras colocadas vão diretamente às oitavas de final. As duplas restantes disputam as vagas que sobram em uma repescagem. "Não acho que faltou concentração. Não tivemos um começo bacana no terceiro set. No segundo set a gente teve uma sequência de erros que acabou ficando difícil ir buscar. Isso são coisas de jogo, teve coisas que não saíram, um saque, coisas que não estamos acostumadas a errar. Mas acontece, a gente tem é que fortalecer a cabeça para ir para os próximos jogos melhor, com os fundamentos melhores. A gente sabe que não está conseguindo colocar o nosso melhor vôlei dentro da quadra, mas a gente vai conseguir", resumiu Ana Patrícia, em entrevista ao SporTV.

As brasileiras fecharam a fase de classificação com duas derrotas e uma vitória: na estreia, elas bateram as quenianas Makokha e Khadambi. Na segunda rodada, as brasileiras perderam para Graudina e Kravcenoka, da Letônia.

"Essa questão de fazer jogos de 2 sets a 1, isso dá um volume de jogo a mais. Isso é muito bom. A gente ainda não está conseguindo jogar o nosso voleibol, mas a cada partida a gente tem uma melhora, um ponto positivo. Nesse jogo tomamos muitas decisões erradas, porque a gente defendeu muitas bolas, a gente bloqueou, não erramos muito passe. Foram decisões erradas, vamos buscar melhorar para os próximos jogos", finalizou Rebecca

Primeiro set disputado

Brasil e Estados Unidos disputaram ponto a ponto o primeiro set do jogo. Concentradas, as brasileiras deixaram para trás o jogo ruim contra a Letônia, e usaram muito bem o bloqueio de Claes e Sponcil no início.

A dupla norte-americana acertou sua estratégia e colou no placar. O placar foi decidido em um bloqueio de Ana Patrícia, fechando em 21 a 17 para o Brasil.

Desatenção no segundo set

No segundo set, as norte-americanas cresceram. Explorando os erros de recepção, Claes e Sponcil conseguiram impor uma vantagem que chegou a ser de quatro pontos. Ana Patrícia e Rebecca correram atrás do prejuízo, colando no placar no momento decisivo do set. A vitória da parcial, porém, ficou com as americanas, que fecharam em 21 a 19.

EUA fecha o jogo

Claes e Sponcil abriram 6 a 1 no set decisivo, e de novo, o Brasil precisou buscar o resultado. Assim como nos dois primeiros sets, a dupla contou com uma passagem precisa de Rebecca no saque. Recuperando a confiança, conquistaram pontos preciosos também nos ataques de Ana Patrícia. O set mais curto, porém, não deu tempo para mais uma reação, e os Estados Unidos fecharam o jogo em 15 a 11.