PUBLICIDADE
Topo

Olimpíadas

Jardine convoca Gerson e Pedro para seleção olímpica; veja lista completa

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo

14/05/2021 12h47Atualizada em 14/05/2021 13h47

O técnico da seleção brasileira olímpica, André Jardine, anunciou os convocados para um "período de preparação" da equipe para a Olimpíada de Tóquio, que começa no dia 23 de julho.

Trata-se da última lista antes das escolhas oficiais para os Jogos. O anúncio da delegação que vai representar o Brasil no evento ainda não tem data para acontecer.

Alguns nomes de peso foram escolhidos pelo treinador, como Gerson e Pedro, ambos do Flamengo - a CBF citou um "ajuste" de jogos da equipe carioca, que também teve Gabigol e Éverton Ribeiro chamados para a seleção principal.

Jogadores que estão em alta no futebol brasileiro também estão na lista, como Claudinho (Red Bull Bragantino), Guilherme Arana (Atlético-MG) e Gabriel Menino (Palmeiras).

Os convocados de Jardine vão se reunir entre os dias 31 de maio a 8 de junho. A entidade não divulgou, até o momento, um calendário de jogos entre estas datas.

Veja a lista completa:

  • Goleiros: Cleiton (Red Bull Bragantino), Brenno (Grêmio) e Brazão (Real Oviedo)
  • Laterais: Gabriel Menino (Palmeiras), Emerson (Bétis), Guilherme Arana (Atlético-MG) e Abner (Athletico)
  • Zagueiros: Gabriel (Arsenal), Luiz Felipe (Lazio), Ibañez (Roma) e Nino (Fluminense)
  • Meio-campistas: Bruno Guimarães (Lyon), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Borussia Dortmund), Liziero (São Paulo), Gerson (Flamengo) e Claudinho (Red Bull Bragantino)
  • Atacantes: Antony (Ajax), Malcom (Zenit), Pedro (Flamengo), Evanilson (Porto), Martinelli (Arsenal) e Rodrygo (Real Madrid)

"A gente espera que o Gerson tenha amadurecido"

O meio-campista Gerson, que já teve problemas ao rejeitar convocações para a seleção sub-23, foi tema da coletiva de Jardine após a divulgação da lista.

Meio-campista já rejeitou uma convocação da seleção sub-23 e ficou um tempo fora das listas - Bruna Prado/UOL - Bruna Prado/UOL
Meio-campista já rejeitou uma convocação da seleção sub-23 e ficou um tempo fora das listas
Imagem: Bruna Prado/UOL

Ao ser questionado sobre a garantia de participação do jogador com o grupo, Jardine se mostrou esperançoso de que o jogador "tenha amadurecido".

"Eu sou um profissional que a minha maior experiência é trabalhar com base e com jogadores em formação, em todos os sentidos. A gente acredita muitas vezes que o erro faz parte. Nós erramos muito, os jogadores erram. A gente espera que o Gerson tenha amadurecido. É um passado até distante para ele, vejo ele em um momento maravilhoso", iniciou.

Jardine disse ainda que o jogador "manifestou desejo" de atuar com a camisa da seleção olímpica.

"Senti nele um jogador muito maduro e concentrado naquilo que faz, focado em conquistar títulos e em decolar na carreira. Foi o que passou para mim. Tenho certeza que é esse Gerson que vamos encontrar na seleção. Ele manifestou que tem o desejo de jogar em qualquer seleção."

Olimpíada com ou sem Neymar?

Neymar tem calendário cheio com compromissos pelo PSG e pela seleção principal - Daniel Apuy/Getty Images - Daniel Apuy/Getty Images
Neymar tem calendário cheio com compromissos pelo PSG e pela seleção principal
Imagem: Daniel Apuy/Getty Images

Jardine também não confirmou que Neymar estará vestindo a camisa do Brasil na Olimpíada, mas se mostrou confiante na resolução da questão - o calendário da seleção principal e a diretoria do PSG podem ser obstáculos para a liberação do atacante.

Ele afirmou ainda que todo o processo envolvendo o camisa 10 está sendo conduzido diretamente pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo.

"Poder contar com o Neymar é um sonho, não só para mim, mas para qualquer treinador em qualquer equipe. Essa é uma questão mais sensível que está sendo tratada diretamente pelo nosso presidente. Acredito que, em pouco tempo, a gente tenha uma resposta sobre isso dentro da grande ideia de a gente ter a seleção mais forte possível para os Jogos. Ter um jogador como o Neymar vai muito ao encontro deste objetivo que a gente tem. E ele quer", finalizou.

Olimpíadas