PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Aldo volta a vencer e mira ex-campeões para se consolidar no peso-galo

José Aldo ataca Marlon Vera em luta pelo UFC Fight Night 17, em Las Vegas - Jeff Bottari/Zuffa LLC
José Aldo ataca Marlon Vera em luta pelo UFC Fight Night 17, em Las Vegas Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/12/2020 13h46

Ontem (19), no UFC Fight Night: Thompson x Neal, José Aldo reencontrou o caminho das vitórias ao superar Marlon Vera por decisão unânime após três rounds — é a primeira vitória do ex-campeão dos pesos-penas na categoria peso-galo (até 61 kgs).

O triunfo sobre o lutador equatoriano foi muito importante para o 'Scarface', já que o brasileiro vinha de uma sequência na organização. Em coletiva após seu combate, Aldo citou três oponentes que ele tem vontade de enfrentar: TJ Dillashaw, Dominick Cruz e Frankie Edgar.

Algo em comum entre todos os nomes citados por Aldo é que todos eles já foram campeões do UFC: Dillashaw era campeão do peso-galo no ano passado, mas abdicou do cinturão após receber um resultado de exame antidoping que foi constatado o uso de uma substância proibida — o lutador foi suspenso por um ano; Cruz também já foi campeão da atual categoria do brasileiro e Edgar já foi campeão dos leves.

Dos três, Aldo só lutou contra Frankie Edgar. Foram duas lutas: a primeira em 2013, pelo cinturão do peso-pena, o brasileiro venceu por decisão unânime e em 2016, pelo cinturão interino dos penas, também com vitória unânime de Aldo.

Todos eles não vivem o mesmo auge de anos atrás, mas qualquer vitória soberana sobre eles, podem fazer com que o brasileiro retome o prestígio que já teve um dia no UFC. O veterano de 34 anos é o atual número sete do ranking dos galo. Em 2020, ele disputou o cinturão contra o russo Petr Yan, mas acabou sendo nocauteado.

MMA