Topo

MMA


Anderson Silva revela "puxão de orelha" de Minotauro: "Pare de ser turrão"

Anderson Silva e Rodrigo Minotauro sorriem em evento de divulgação do UFC no Rio de Janeiro - Bruno Braz/UOL
Anderson Silva e Rodrigo Minotauro sorriem em evento de divulgação do UFC no Rio de Janeiro Imagem: Bruno Braz/UOL

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

09/05/2019 14h02

Aos 44 anos, Anderson Silva já atingiu o ápice e tornou-se uma lenda do MMA. Porém, nem com toda a experiência que adquiriu, se livra de "puxões de orelhas". Foi o que aconteceu, por exemplo, durante a preparação para o UFC Rio 10, que acontecerá neste sábado (11), na Jeunesse Arena (RJ), quando enfrentará o americano Jared Canonnier, pelo peso-médio, no coevento do card.

Por incrível que pareça, a "chamada" veio de um de seus melhores amigos, o ex-lutador e também lendário Rodrigo Minotauro, que atualmente é embaixador do UFC no Brasil.

"Ele me deu alguns toques. Pediu para eu ser menos turrão. Ele falou: 'meu, para de ser turrão, alivia aí! (risos)", revelou o Spider.

Com um alto grau de intimidade, Anderson Silva revelou que tem pedido para Minotauro retornar ao octógono:

"Fico enchendo o saco dele direto para ele voltar a lutar, mas ele diz: 'não dá mais, não dá mais'. Rodrigo é o maior nome desse esporte no Brasil. Depois que ele assumiu esse compromisso no UFC, quase não o vejo na academia, mas é um cara ímpar. Eu sou suspeito para falar dele. Ele se colocou numa posição de muita responsabilidade em representar o UFC no Brasil, o que não é fácil, mas está tirando de letra", elogiou.

Bruno Braz/UOL
Imagem: Bruno Braz/UOL

Silva 'cava' luta com Mcgregor e o elogia: "Educado"

Se encaminhando para sua aposentadoria dos octógonos, Anderson Silva ainda tem como meta uma luta contra o polêmico irlandês Conor Mcgregor. Disposto a um duelo casado nos 80kg, ele jogou a responsabilidade para o presidente do UFC, Dana White, e elogiou o lutador.

"Tive poucas vezes com o Conor, não tenho nada para falar de ruim e nem de mal sobre ele. Acho um cara incrível. Das poucas vezes que estive com ele, foi um cara muito educado, atencioso e eu admiro bastante o trabalho dele", disse.

Irá lançar filme e projeta carreira no cinema

Um dos projetos que estão cada vez mais fascinando Anderson Silva é o cinema. O brasileiro gravou um filme na China e o pré-lançamento acontecerá em junho. Para Spider, essa foi sua grande "prova de fogo" para ingressar de vez nas "telinhas".

"Esse filme eu fui convidado para fazer há dois anos e é uma superprodução chinesa envolvida com pessoas que são do cinema mundial. É um filme bastante interessante. Estou muito feliz com esse filme porque foi minha primeira grande prova de fogo. Tem outras coisas vindo aí que são bem bacanas", destacou.

Anderson Silva vem de uma derrota por pontos para Israel Adesanya no UFC 234.

MMA