PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Veteranos do Bellator foram pegos no antidoping por esteroides, diz site

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

21/03/2016 19h13

O Bellator 149, realizado em 19 de fevereiro, teve dois de seus principais nomes pegos no exame antidoping. Nesta segunda-feira (21), o site “MMA Fighting” revelou as substâncias que fizeram Kimbo Slice e Ken Shamrock falharem nos testes.

No caso de Shamrock, que foi nocauteado por Royce Gracie, ele testou positivo para o esteroide nandrolona e para metadona, uma substância utilizada para tratar dores e desintoxicar pessoas com dependência de drogas. Kimbo Slice, que venceu Dada 5000, foi pego também com o nandrolona. Ambos os lutadores apresentaram níveis elevados de testosterona no corpo.

A punição aos lutadores ainda não foi anunciada pelo Departamento de Licença e Regulação do Texas, estado norte-americano em que o evento foi realizado. Geralmente, atletas que falham em exames antidoping no estado são suspensos por 90 dias e multados em US$ 5 mil (R$ 17,9 mil).

O evento número 149 da organização foi o que obteve a maior audiência da história, com mais de 1,9 milhão de telespectadores. A luta entre Kimbo Slice e Dada 5000 atingiu a incrível marca de 2,5 milhões de pessoas assistindo, enquanto o duelo entre Ken Shamrock e Royce Gracie teve 100 mil pessoas a menos na frente dos televisores.

MMA