PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Ex-garçonete, Ronda é jogo duro com assédio: "se apertar minha bunda, parto pra briga"

Ronda Rousey posou para a revista Maxim, dos EUA - Reprodução/MMASentinel
Ronda Rousey posou para a revista Maxim, dos EUA Imagem: Reprodução/MMASentinel

Do UOL, em São Paulo

03/08/2013 09h12

Campeã peso galo do UFC, Ronda Rousey já tem luta marcada para o final do ano, contra Miesha Tate, no UFC 168, no dia 28 de dezembro. Musa do MMA, a norte-americana afirmou em entrevista à revista UFC Brasil que o rótulo de sex symbol atrapalhou a sua vida amorosa e disse que não costuma ir a festas à noite.  

“Não vou a boates. Sei que se alguém apertar minha bunda, vou partir para a briga, e não posso me dar a esse luxo. Já trabalhei muito tempo como garçonete e não tenho mais tolerância para esse tipo de coisa”, contou ela, que costuma dar entrevistas diretas, sem papas na língua.

Rousey está invicta no MMA, com sete vitórias, todas por finalização no primeiro round - e todas com chaves de braço. A luta contra Miesha Tate será no mesmo dia do confronto entre Anderson Silva e Chris Weidman.

Ela e Tate farão revanche da vitória de Ronda no Strikeforce, em uma rivalidade que só cresceu com a gravação do The Ultimate Fighter 18 nos EUA, em que são as primeiras técnicas mulheres do programa. O reality show vai ao ar em setembro na TV dos EUA.

MMA