PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Werdum apela contra derrota e cita 'má fé' de brasileiro em luta; entenda

Werdum, que está por baixo, parou de lutar após receber sinal de desistência de Renan - Reprodução/Instagram
Werdum, que está por baixo, parou de lutar após receber sinal de desistência de Renan Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

07/05/2021 11h17

Fabricio Werdum viveu uma grande frustração em sua estreia no PFL (The Professional Fighters League) na noite de ontem. Em disputa com o também brasileiro Renan 'Problema', o lutador acabou sendo nocauteado pelo rival de uma forma polêmica (assista abaixo).

Diante de uma suposta trapaça do adversário no golpe que encerrou a luta, o técnico de Werdum, Rafael Cordeiro, afirmou que já entrou com apelação contra o resultado aos organizadores do evento - o gaúcho, durante o anúncio, citou "má fé" do oponente.

A confusão se deu quando, nos primeiros segundos da luta, Werdum usou o chão do octógono para encaixar um triângulo no adversário. Pouco tempo depois, é possível ver que Renan dá dois tapas leves no ombro do rival, indicando a desistência da luta.

Ao perceber o sinal, Werdum aliviou e soltou Renan, que aproveitou e iniciou uma sequência de golpes no gaúcho, finalizando a disputa.

Derrotado por nocaute, o lutador se indignou e, logo depois da decisão, pediu aos organizadores para que mostrassem o replay antes de desabafar:

"Eu tenho que respeitar meu oponente, tenho que parar. Poderia quebrar o braço dele. Quando ele deu os tapas, automaticamente eu parei a luta, mas ele continuou socando a minha cabeça", falou.

No Instagram, Werdum se revoltou e publicou o momento aos seguidores: "Eu venho da arte marcial. Quando o adversário desiste, eu tenho que parar! Caráter não se compra!".

Assista ao momento em que o técnico de Werdum comunica a apelação:

MMA