PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Anderson Silva cogita seguir no boxe e revela interesse de promotores

Anderson Silva considera a possibilidade de seguir lutando - Jeff Bottari/Getty Images
Anderson Silva considera a possibilidade de seguir lutando Imagem: Jeff Bottari/Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

06/05/2021 10h50

Após encerrar sua longa e vitoriosa trajetória no UFC, onde por anos se manteve como soberano absoluto da divisão dos médios (84 kg), Anderson Silva decidiu se aventurar no boxe profissional, um sonho antigo. No próximo dia 19 de junho, o veterano medirá forças com Julio Cesar Chavez Jr, no Estádio Jalisco, em Guadalajara (MEX), em evento cujo título é 'Homenagem aos Reis'. E o novo desafio, agora na nobre arte, pode ser apenas o primeiro de muitos.

Em entrevista ao antigo rival Chael Sonnen, veiculada no canal do Youtube do americano, Anderson deixou em aberto a possibilidade de continuar competindo no boxe após o confronto com Chavez. Apesar de afirmar que, neste momento, todas suas atenções estão voltadas para o compromisso diante do mexicano, o 'Spider' admitiu que já foi procurado por promotores de boxe, visando um acordo para novas oportunidades de carreira dentro do ringue.

"Essa é a primeira, mas diferentes promotores me ligaram e ligaram para a ICM (Partners) para assinar contrato com as pessoas que me representam. Mas, no momento, meu foco está somente nessa luta. Mas muitos promotores diferentes de boxe me ligaram e ligaram para a companhia ICM que me representa. Agora meu foco está somente em uma luta, dia 19 de junho. Vamos ver", revelou Anderson Silva.

Anderson Silva, de 45 anos, é um ícone das artes marciais e, apesar da idade avançada, busca aproveitar as oportunidades na fase final de sua carreira. Quando ainda integrava o UFC, 'Spider' cogitou enfrentar Roy Jones Jr., lenda do boxe, porém o duelo não aconteceu. Como o americano voltou a atuar e o brasileiro encerrou sua passagem pelo Ultimate, um possível combate entre os veteranos do ringue e do octógono pode se concretizar no futuro.

Atualmente, o momento de Anderson não é bom. O ex-campeão do peso-médio do UFC perdeu três lutas seguidas e venceu apenas um duelo no período entre 2013 e 2020. Contudo, em seu auge, o brasileiro marcou época na organização. 'Spider' conquistou o título da categoria logo após sua estreia na companhia e o defendeu dez vezes. Não à toa, o veterano é considerado por parte da comunidade do MMA como um dos maiores nomes da história do esporte.

MMA