PUBLICIDADE
Topo

Futebol

CR7: qual é a dieta adotada pelo craque para manter forma aos 36 anos?

Atacante português já se declarou contra o consumo de batata frita, álcool e cigarro - Pool via REUTERS
Atacante português já se declarou contra o consumo de batata frita, álcool e cigarro Imagem: Pool via REUTERS

11/09/2021 07h00

O mundo da bola sabe o quão disciplinado é Cristiano Ronaldo. Aos 36 anos, o novo jogador do Manchester United aparenta um físico invejável.

É claro que a boa forma não vem de graça. O jogador já se declarou contra o consumo de batata frita, álcool e cigarro. Inclusive, recentemente, CR7 abalou a economia e as redes sociais justamente por "esconder" a garrafa de Coca-Cola estampada em uma entrevista coletiva. Mas como o português consegue manter um físico tão avantajado para a idade?

Para compreender a estratégia de Cristiano Ronaldo - que estreia neste sábado pelo Manchester United - o L! conversou com a nutricionista Tatiana Amalfi. Ela conta que CR7 adotou a dieta do mediterrâneo, um plano alimentar baseado no consumo de alimentos frescos e exclusão de industrializados.

"A dieta do mediterrâneo é uma dieta que tem como prioridade alimentos frescos, azeite (rico em gorduras boas), frutas, legumes, verduras, carnes brancas (peixe, principalmente), laticínios (leite e queijo) e oleaginosas (castanhas, nozes). Embora a dieta não englobe o consumo de industrializados e embutidos, este estilo de vida não é limitante, podendo e devendo ser adotada por todos", começou.

"Ela pode ser feita por toda a população, já que é composta por alimentos que constituem uma vida saudável, como carnes brancas, gorduras boas e legumes frescos. A dieta do mediterrâneo não é, apenas, uma pequena salada no dia a dia. Ela é baseada em pratos coloridos e variados. Na hora de pensarmos nesta dieta, devemos pensar em um prato com beterraba, cenoura, chuchu, couve, entre outras, e não apenas uma alface e um tomate", completou a nutricionista.

Atacante utiliza a dieta do mediterrâneo para manter a forma física - Massimo Pinca/Reuters - Massimo Pinca/Reuters
Atacante utiliza a dieta do mediterrâneo para manter a forma física
Imagem: Massimo Pinca/Reuters

Sobre a dieta, Tatiana Amalfi explica que o consumo de boas gorduras é essencial para o ganho de massa dos atletas de alto rendimento, como Cristiano Ronaldo.

"Pensando nos atletas, é fundamental que ele consuma proteínas adequadas e gorduras boas, como óleo de coco, azeite de oliva, oleaginosas. É extremamente importante para o atleta que ele consuma boas fontes de gordura. Além disso, ele deve consumir adequadamente os antioxidantes, como frutas, legumes e verduras, alimentos fontes de vitaminas e minerais. O leite e seus derivados também são importantes fontes de vitamina A. Um atleta que precisa da sua densidade muscular completa precisa de muito cálcio, também encontrado no leite", pontuou.

"Nesta dieta, temos a exclusão imediata de alimentos industrializados e embutidos, como salsicha e presunto. Esses ingredientes são responsáveis pelo surgimento de cálculos renais e ácido úrico. Quando pensamos em industrializados, como a lasanha pronta, miojo e nuggets, estão fora da dieta. Além disso, a carne vermelha também não está englobada na dieta do mediterrâneo, tendo mais gordura do que a carne branca. Seguindo este estilo de vida, a pessoa tem um ganho imenso na saúde", exclamou a nutricionista.

Para manter o físico em dia, a especialista afirma que a rotina de exercícios de CR7 são o diferencial do atleta.

"Precisamos pensar que o exercício físico é fundamental. Nem que seja apenas meia hora por dia, é necessário aliar o exercício físico à alimentação. Precisamos, também, excluir todos os alimentos ricos em gordura trans, como biscoitos e bolachas. Tudo o que é pronto, precisamos descartar: é necessário desembalar menos, e descascar mais", concluiu.

Futebol