PUBLICIDADE
Topo

Sem Gabigol, Jesus faz mistério quanto a substituto na Recopa

Gabigol comemorando gol do Flamengo sobre o Athletico-PR - UESLEI MARCELINO/REUTERS
Gabigol comemorando gol do Flamengo sobre o Athletico-PR Imagem: UESLEI MARCELINO/REUTERS

18/02/2020 09h55

O Flamengo terá como desfalque o seu principal jogador neste início de temporada e que, após longa novela para permanecer em 2020, foi o herói da Libertadores passada. Gabigol não poderá entrar em campo pela ida da Recopa Sul-Americana - mas, sim, na finalíssima, dia 26, no Maracanã. E o camisa 9 sequer viajou para Quito. Agora, a questão central é: quem entra em seu lugar?

Após o título da Supercopa do Brasil, Jorge Jesus foi perguntado diretamente se Pedro já estava garantido como o substituto de Gabriel Barbosa. O português não cravou a entrada do atacante emprestado pela Fiorentina, que, nesta temporada, já soma dois gols e uma assistência, sempre saindo do banco e atuando ao lado do próprio Gabigol. Contra o Athletico-PR, aliás, ele nem sequer foi acionado.

Jesus disse que, dependendo das condições físicas e da estratégia do Independiente Del Valle, pode alterar a "maneira de jogar", indicando que Michael, mais posicionado pela ponta direita, pode ser uma opção viável - assim, Bruno Henrique teria o papel de referência.

"Vamos ver como os jogadores vão se recuperar nesses três dias (desde domingo). Se tivermos que mudar mais do que estamos acostumados, vamos fazer", comentou Jesus.

Outras possíveis peças a serem escolhidas podem ser Pedro Rocha, que ainda não estreou e que possui características de um "segundo avançado", e Vitinho - outro que ainda não jogou em 2020. Já Lincoln, jovem e centroavante de ofício (assim como Pedro), está relacionado e corre por fora.

O primeiro duelo entre Flamengo e Independiente Del Valle será realizado amanhã, às 22h30, na capital do Equador.

Flamengo