PUBLICIDADE
Topo

Rodízio no Palmeiras? Luxemburgo avisa: "Não, tem que ter um time"

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

23/01/2020 08h00

Vanderlei Luxemburgo deixou claro que não fará rodízio de jogadores quando tiver partidas em datas próximas. Já pensando no clássico contra o São Paulo, domingo, o treinador quer dar uma cara ao time titular do Palmeiras, usando frequentemente entre 15 e 16 jogadores.

- Vou ter um time titular, vou rodar alguma coisa, alguém vai cansar, mas quero que todos se incomodem. Eu não vou fazer rodízio, com todo jogo (um time) diferente. Já falei com os fisiologistas. Prefiro colocar um craque com 30% do ideal, do que colocar o outro que não vai resolver o problema. Com 30% ele vai colocar a bola para dentro quando precisar. Eu penso em ganhar jogo. Para isso, tenho que ter os melhores - justificou.

- O revezamento é entre 30% ou 40% da equipe, estourando. Mas os jogadores não vão para casa, eles vão para o banco. 45 minutos não mata ninguém. Na Florida Cup treinamos de manhã e jogamos à noite e está todo mundo vivo. As pessoas falam em modernidade, tem que ter rodízio. Não, tem que ter um time. O elenco você vai usando. O elenco gira em torno de 28 jogadores, mas rodando o time, não passa de 15 ou 16 jogadores - completou.

Caso Luxa faça trocas para o Choque-Rei, portanto, as escolhas serão apenas técnicas. Raphael Veiga, que o técnico admite estar usando fora de função, pode dar espaço para um jogador mais leve, como Gabriel Veron, enquanto Zé Rafael entrou bem no lugar de Ramires. Vitor Hugo e Bruno Henrique, ausências na estreia, estão se recuperando de lesões.

O treinador terá três atividades até o clássico, válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O Palmeiras é o mandante do jogo, e levou o Choque-Rei para a Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP).

Palmeiras