Topo

Futebol


A carta que mudou o 'valor': curinga Gerson decide e ratifica ótima fase

22/08/2019 09h10

Gabigol se comprovou um blefe de Jorge Jesus. Logo, a surpresa da escalação ficou por conta da presença de Gerson no banco de reservas, já que o treinador optara por Éverton Ribeiro entre os 11, diante do Internacional, pela partida de ida das quartas da Libertadores, no Maracanã. O curinga, embora venha de uma sequência de ótimas atuações, teve que esperar.

Aliás, o próprio Gerson já se autointitulou a tal carta de baralho, que, no jogo do pôquer, por exemplo, muda de valor segundo a combinação de cartas que o parceiro tem na mão. E de fato, com a entrada do meia no segundo tempo, um valor foi alterado graças a ele. O do placar: 2 a 0 para o Rubro-Negro.

Jesus explicou a opção inicial:

- Eu pensei bem antes de lançar Éverton (Ribeiro) ou Gerson. Olhei para os três jogadores do Inter, de muita marcação e menos de organização, procurei jogar com um mais ofensivo, que foi o caso de Éverton no lugar de Gerson. Foi minha opção ter um jogador mais ofensivo, por dentro - explicou o treinador.

Gerson foi acionado após o intervalo, já que Arrascaeta, com gastroenterite, estava fora de sintonia. Com isso, o Fla passou a variar para o 4-4-2, fazendo com que Bruno Henrique saísse do corredor direito e voltasse para o lado de Gabigol no ataque. Pela meia direita, o jogador contratado junto à Roma por R$ 49 milhões fez valer cada centavo gasto. Mudou o roteiro e reanimou a torcida.

Com um Inter sólido atrás e pouco disposto a ter a posse de bola, Gerson foi responsável por acelerar a transição ofensiva, se aproximar dos atacantes e a enfiar bolas nas diagonais. E de seu pé saiu a assistência açucarada para o primeiro gol de Bruno Henrique, também autor do segundo. Ou seja, houve blefe, rei (dos clássicos, Bruno Henrique) e curinga como donos da noite.

Agora, o Flamengo de Gerson pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta. Os times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio, por uma vaga nas semifinais da Libertadores. Antes disso, o Rubro-Negro encara o Ceará, neste domingo, fora de casa.

NÚMEROS RELEVANTES DE GERSON CONTRA O INTER

- 96% de precisão nos passes;

- 1 assistência para gol;

- 1 assistência para finalização;

- 2 bolas longas;

- 5 duelos vencidos;

- 3 faltas recebidas.

Mais Futebol