PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Perrone: 'Vaga histórica e no estilo Corinthians: sofrida e contra todos'

Do UOL, em São Paulo

06/07/2022 01h23

Classificação e Jogos

O Corinthians jogou mal, mas se garantiu nas quartas de final da Libertadores. O Timão segurou o 0 a 0 contra o Boca Juniors em La Bombonera nesta terça-feira (5) e superou o time argentino na decisão por pênaltis. Em uma classificação ao seu estilo, com sofrimento até o último segundo, a equipe do Parque São Jorge agora espera recuperar os diversos jogadores lesionados para encara Flamengo ou Tolima na próxima fase.

Na Live do Corinthians, programa do UOL Esporte logo após as partidas do Timão, os jornalistas Vitor Guedes e Ricardo Perrone destacaram a sofrida classificação corintiana. Além da superioridade exibida pelo Boca Juniors durante o jogo, o Timão ainda teve que superar os desfalques de alguns titulares para garantir a vaga.

"Foi no estilo Corinthians: sofrido e contra tudo e contra todos. Quase todo mundo dizia que não iria passar e dando a vaga para o Boca. Foi nessa base do sofrimento e foi uma classificação histórica. Classificar-se em cima do Boca em La Bombonera sempre é histórico. Durante o jogo, o time não foi bem, com muita gente atuando mal, mas o que importa é que está classificado", comentou Perrone.

Vitão destacou que o time argentino teve o comando da partida nas mãos e criou as melhores oportunidades. Benedetto, porém, viveu uma noite para ser esquecida. "O Corinthians jogou por nenhuma bola e não chutou uma vez ao gol. Foi sofrido e foi corintiano. Teve pênalti para o Boca e o Benedetto chutou na trave e ainda perdeu um gol feito. Nos pênaltis, teve o gol da vitória e o Benedetto, de novo, chutou para fora do estádio. O Corinthians terminou a partida com uma escalação que, quem vê, não pensa que vai ser classificar assim", disse o colunista do UOL.

Com a classificação garantida, o Corinthians agora tenta recuperar alguns de seus principais jogadores e entrar com força máxima diante de Flamengo ou Tolima, como ressaltou Perrone. "O time ganhou tempo para se recuperar das lesões. Ganhou um fôlego. Vimos o time se arrastando. Além das lesões, quem sobrevive chega ao final do segundo tempo esgotado. A diretoria tem que trabalhar isso e já deveria ter feito isso. É algo urgente recuperar essa parte física", sublinhou o colunista do UOL.

Fagner, Renato Augusto, Adson e Gustavo Mosquito ficaram fora da partida em La Bombonera. Já João Victor e Gustavo Mantuan se machucaram durante o jogo e podem ampliar a lista de lesionados no Timão.

Por conta de todas as dificuldades, Vitão elogiou a atuação de alguns jogadores decisivos para a classificação na casa do time argentino. "O Boca era o favorito e o Corinthians foi envolvido o jogo inteiro. Mas foi uma classificação histórica, heroica. O Gil entrou muito bem no jogo, depois que o João Victor se machucou. Para mim, foi um gigante, assim como Cássio e Fábio Santos", completou.

Não perca! A próxima edição da Live do Corinthians será no domingo (10), logo após a partida contra o Flamengo pelo Brasileirão. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Corinthians no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

Futebol