PUBLICIDADE
Topo

Santos

Santos junta os cacos e revê Corinthians em 'teste de fogo' para Bustos

Bustos, do Santos, faz prece antes da partida contra o Banfield, da Argentina, válida pela Copa Sul-Americana 2022 -  ANDERSON LIRA/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO
Bustos, do Santos, faz prece antes da partida contra o Banfield, da Argentina, válida pela Copa Sul-Americana 2022 Imagem: ANDERSON LIRA/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

25/06/2022 04h00

Classificação e Jogos

O Santos teve apenas dois dias para digerir a goleada por 4 a 0 e já reencontrará o Corinthians hoje (25), novamente na Neo Química Arena, mas desta vez pelo Campeonato Brasileiro. A bola vai rolar às 19h (de Brasília), em duelo pela 14ª rodada.

O Peixe foi completamente dominado pelo rival na última quarta-feira, pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O fraco desempenho fez o técnico Fabián Bustos balançar pela primeira vez no cargo.

A diretoria prioriza uma reação imediata para não mexer no comando, mas não descarta demitir o treinador argentino em caso de nova derrota no clássico. A permanência passa pelo resultado em Itaquera, mas principalmente pela postura do time.

O presidente Andres Rueda e o executivo de futebol Edu Dracena estão preocupados pelo desânimo dos atletas. Ambos conversaram com elenco e fizeram cobranças, mas também passaram confiança e exigiram coragem para o reencontro deste sábado.

Já Bustos, muito irritado no vestiário e na entrevista coletiva após a goleada, adotou tom bem mais sereno nos dois treinamentos no CT Rei Pelé. O técnico mostrou os erros e pediu para a equipe esquecer o 4 a 0 e focar no que vinha sendo feito. O comandante santista entende que o Santos só deixou de "competir bem" contra o Corinthians e nas demais foi superior ou pelo menos parelho com os adversários. A escalação será bem modificada.

As críticas públicas de Fabián Bustos não pegaram bem no elenco, mas as lideranças não querem a saída do treinador e entendem que o discurso ocorreu em momento de cabeça quente. O Santos teve três técnicos em 2021, já está no segundo em 2022 e a possível ruptura do trabalho é vista como negativa.

O presidente Andres Rueda é adepto da continuidade para os técnicos e não queria a saída de Fabio Carille, mas foi voto vencido no departamento de futebol e Comitê de Gestão à época. Atualmente, Bustos levanta dúvidas, mas o executivo Edu Dracena aposta em mais tempo e concorda com Rueda.

Depois do Corinthians, o Santos já viaja à Venezuela para enfrentar o Deportivo Táchira, na quarta-feira (20), pela ida das oitavas de final da Sul-Americana. Na sequência, o Peixe terá quatro jogos na Vila Belmiro: Flamengo (Brasileirão), Táchira (Sul-Americana), Atlético-GO (Brasileirão) e Corinthians (Copa do Brasil) Se passar pelas duas próximas partidas, Bustos terá chance de respirar como mandante.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS x SANTOS
Competição:
14ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)
Dia: 25 de junho de 2022, sábado
Horário: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Sousa (Fifa/SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (Fifa/SP)

CORINTHIANS: Cássio; Rafael Ramos, Robson Bambu (Bruno Méndez), Robert Renan e Fábio Santos (Bruno Melo); Roni, Cantillo e Giuliano (Renato Augusto ou Matheus Araújo); Gustavo Mosquito, Adson e Júnior Moraes. Técnico: Vítor Pereira

SANTOS: John; Lucas Braga, Kaiky (Maicon), Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Camacho (Sandry) e Bruno Oliveira (Felipe Jonatan); Ângelo, Léo Baptisão e Marcos Leonardo. Técnico: Fábian Bustos

Santos