PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Após derrota, Abel Braga diz que Fluminense 'não vai perder a confiança'

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

27/01/2022 23h52

O técnico Abel Braga afirmou que, após a derrota para o Bangu, na noite de hoje (27), na estreia no Campeonato Carioca, o elenco do Fluminense não vai perder a confiança no trabalho que vem sendo realizado. O treinador lamentou o resultado e indicou que o Tricolor merecia "uma sorte melhor".

O comandante admitiu que o primeiro tempo do Tricolor foi ruim, mas ressaltou a melhora após o intervalo. Ele também fez coro às reclamações quanto ao pênalti não marcado em Cano, no último lance do jogo. Para Abel, o camisa 14 foi tocado dentro da área e se a arbitragem viu falta, era para ter apontado a penalidade.

"Não posso cortar a expectativa do torcedor porque não vou cortar a minha. Perdemos o jogo, não achei merecido. Nosso primeiro tempo foi, realmente, ruim, sofremos um gol em uma falha coletiva. No segundo tempo... Equipe muito bem treinada pelo Felipe, dinâmica muito grande, conseguimos superar esse pouco tempo... Não vou também justificar por tempo, eles estão treinando mais, começaram em dezembro. A dificuldade foi enorme no jogo, mas qual foi a bola que o Bangu chutou no segundo tempo? Nenhuma. Merecíamos uma sorte um pouco melhor, mas o torcedor tem de manter essa expectativa grande. Isso não vai afetar nada daquilo que queremos e vamos conquistar", disse.

"Não podemos, porque perdemos um jogo em que o primeiro não foi bom, que achar que está tudo errado. Entendemos toda a impaciência, as coisas não acontecem por acaso. Queríamos sair daqui assim? Não, mas as coisas não mudam", completou.

Pouco depois, Abel afirmou que não está satisfeito com o resultado, mas demonstrou confiança que o cenário já pode mudar na próxima rodada.

"Estamos muito contentes com o que temos e temos certeza que isso vai mudar, e já esperamos que possa mudar no domingo. Não estou satisfeito, mas o torcedor tem de entender que o segundo tempo foi de muita superação, principalmente pelo tempo de treino. Haja visto uma equipe que está treinando há mais tempo que nós, quantos jogadores do Bangu caíram?", questionou.

Ele lembrou também o lance que gerou muita reclamação por parte dos tricolores, quando, já no último minuto, Cano foi derrubado. O Flu pediu pênalti, mas a arbitragem apitou falta.

"Se ele achou que foi falta, se deu a falta, tem de dar o pênalti. O jogador não foi tocado fora da área. A bola chegou com certa dificuldade para o Cano naquele momento, eles estavam marcando muito bem. O Felipe [Melo] foi dentro daquilo que era esperado, passa liderança, experiência... Com mais tempo, também, a possibilidade de subir todos esses jogadores é muito grande. O Nathan fez um bom jogo, mas fiquei surpreso com o segundo tempo que fizeram o Yago e o André. Defensivamente, tivemos uma falha, e isso resultou no gol. O Marcos Felipe não fez uma defesa no segundo tempo, mas não tivemos a felicidade de empatar. Estou satisfeito com todos eles [reforços]. Willian [Bigode] se movimentou muito bem. Vamos ver, agora para o próximo jogo, como que vai ser a melhor equipe. O importante é que vamos com a confiança inabalada. Não vamos perder a confiança naquilo que acreditamos", afirmou.

Fluminense