PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos: com joelho zerado, Ricardo Goulart se vê mais maduro após "falação"

Ricardo Goulart, camisa 10 do Santos - Ivan Storti/SFC
Ricardo Goulart, camisa 10 do Santos Imagem: Ivan Storti/SFC

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

21/01/2022 14h39

Grande reforço do Santos para 2022, Ricardo Goulart foi apresentado oficialmente na tarde de hoje (21), na Vila Belmiro.

O meia-atacante vestiu a camisa 10 do Peixe e falou sobre a expectativa para a temporada e o desejo de se destacar novamente no futebol brasileiro.

"Fiquei muito feliz com o contato do Santos. Joguei aqui e sempre foi muito difícil, principalmente na Vila. É um clube gigantesco. Outros clubes tiveram interesse, mas senti o astral do clube já nas primeiras conversas e isso mexeu comigo", disse Goulart.

"As duas últimas temporadas foram importantes para o seguimento da minha carreira. Dois anos (após lesão no joelho) para me adaptar, evoluir mentalmente, crescer como profissional. Números falam, mas também a pessoa que se transforma com muita falação negativa. Filtrei com a minha família e meu desempenho profissional foi bom. Chego muito maduro para vestir a camisa do Santos. Não coloco meta, não. Com esforço o trabalho aparecerá", completou.

Ricardo Goulart também falou sobre seu estado físico. O jogador de 30 anos passou por cirurgia no joelho e tirou parte do menisco em 2019.

"Joelho está super ok. Tenho trabalhado, trago um fisioterapeuta comigo há dois anos. Os números foram muito bons e nós apresentamos ao Santos. Cheguei muito bem fisicamente, com adaptação boa no clube. Meus números nos treinamentos surpreenderam a todos. Muitos pensam sobre o joelho, mas estou bem. Basta pegar ritmo de jogo e entrosamento para fazer bom ano", explicou.

"Nenhum jogador passa ileso. Outros têm sérios problemas com rendimento alto. Me cuidei muito nesses dois anos, desde o Palmeiras. Tive uma passagem rápida e voltei para a China. Me adaptei, trabalho com grandes profissionais e não sinto dor. Se eu tivesse dor o Santos nem aceitaria meus exames médicos. E o meu rendimento não seria o que surpreendeu o Santos. Farei tudo o que estiver ao meu alcance. Não tenho nada a provar para ninguém, mas sim ajudar meus companheiros da melhor maneira", concluiu.

O Santos não deve contar com Goulart para a estreia no Campeonato Paulista contra a Inter de Limeira, na próxima quarta-feira (26),pois precisa registrar o atleta na CBF até 19h de hoje. O Peixe aguarda documentos da Federação Chinesa e pode ter o reforço só para a segunda rodada, contra o Botafogo-SP.

Ricardo Goulart começou no Santo André e passou por Internacional, Goiás, Cruzeiro, Guangzhou Evergrande, Palmeiras Hebei Fortune antes de chegar ao Santos. Pela Raposa, ele foi bicampeão brasileiro e chegou na seleção brasileira.

Futebol