PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Goiás empata com Botafogo, que perde chance de assumir liderança da Série B

Goiás e Botafogo se enfrentam pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro - Heber Gomes/AGIF
Goiás e Botafogo se enfrentam pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro Imagem: Heber Gomes/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/10/2021 23h26

Classificação e Jogos

Em um jogo muito disputado no estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO), Goiás e Botafogo empataram em 1 a 1 pela 32ª rodada da Série B. Com o resultado, o Alvinegro perdeu a oportunidade de assumir a liderança da competição, já que mais cedo o Coritiba também havia ficado no 1 a 1 com o CRB.

Já o Esmeraldino foi aos 54 pontos e assumiu provisoriamente a terceira colocação ultrapassando o Avaí, que tem 53 e encara o Operário na próxima sexta-feira (29). Em compensação, pode ver o Vasco se aproximar e ficar a três pontos caso vença o CSA em São Januário (RJ) no mesmo dia.

Os gols da partida de hoje foram marcados por Hugo, para o Goiás, e Joel Carli, para o Botafogo.

Quem foi bem - Fellipe Bastos

O volante do Goiás foi bem nos botes na marcação e também ofereceu bons passes e lançamentos aos atacantes.

Quem foi mal - Warley

O jogador do Botafogo acabou proporcionando uma grande trapalhada logo no início da partida que resultou no gol do Goiás. Após receber a bola dentro da área, ele tentou dar um passe, não viu Hugo se aproximando e deu um "presentão" para o atleta esmeraldino, que se antecipou ao goleiro Diego Loureiro e abriu o placar.

Chay deixa o jogo chorando

Destaque da partida até então com uma assistência e boas jogadas, Chay deixou o campo chorando aos 20 minutos do segundo tempo após sofrer uma dura entrada de Caio. Segundo os médicos do Botafogo ao Sportv, o meia sentia dores nos dois tornozelos.

Chay é uma das peças mais importante do Botafogo na temporada.

Atuação do Goiás

Jogadores do Goiás comemoram gol de Hugo contra o Botafogo - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O Goiás teve um grande volume de jogo no primeiro tempo, principalmente nas bolas aéreas, onde perdeu boas oportunidades. Defensivamente, porém, a equipe cedeu espaços, como no gol de Joel Carli para o Botafogo.

Atuação do Botafogo

Jogadores do Botafogo comemoram gol de Joel Carli contra o Goiás - Heber Gomes/AGIF - Heber Gomes/AGIF
Imagem: Heber Gomes/AGIF

O Botafogo optou por explorar os contra-ataques, mas tinha dificuldades em encontrar o último passe. A saída de Chay por lesão dificultou ainda mais na criação das jogadas.

Cronologia do jogo

O Goiás abriu o placar aos quatro minutos do primeiro tempo com Hugo. O Botafogo empatou aos 10 minutos do primeiro tempo com Joel Carli.

Veto à torcida visitante deixa Botafogo na bronca

Mesmo com a autorização da CBF para as vendas aos torcedores visitantes nas competições regidas pela entidade, o Goiás decidiu não vender ingressos para os alvinegros. O Esmeraldino alegou adaptações ao estádio Hailé Pinheiro para os protocolos de combate ao coronavírus.

O Botafogo, porém, não gostou nem um pouco da situação e, em nota oficial, classificou a atitude como "desrespeito" e prometeu acionar os órgãos competentes.

Torcida do Goiás faz grande recepção ao time

Antes de a bola rolar, a torcida do Goiás fez uma grande recepção ao time nos arredores do estádio Hailé Pinheiro com direito a "rua de fogo", quando os torcedores utilizam sinalizadores.

Aquela corrente final do Botafogo

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 1 X 1 BOTAFOGO
Local: Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Competição: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro
Árbitro: Anderson Daronco - RS/Fifa
Auxiliares: Rafael da Silva Alves - RS/Fifa e Michael Stanislau - RS/CBF
VAR: Rodolpho Toski Marques - PR/Fifa
Cartões amarelos: Caio, Rezende (GOI); Luiz Henrique (BOT)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Hugo, aos 4 minutos do primeiro tempo (GOI); Joel Carli, aos 10 minutos do primeiro tempo (BOT)

Goiás: Tadeu; Diego, David Duarte, Reynaldo e Hugo; Caio Vinícius (Rezende), Fellipe Bastos, Luan Dias (Dadá Belmonte) e Elvis; Alef Manga (Pedro Bahia) e Nicolas (Welliton). Técnico: Marcelo Cabo.

Botafogo: Diego Loureiro; Daniel Borges, Carli, Kanu, Hugo (Carlinhos); Barreto (Luis Oyama), Pedro Castro, Chay (Marco Antônio); Warley (Luiz Henrique), Diego Gonçalves e Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico Enderson Moreira.

Futebol