PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Enderson lamenta derrota do Botafogo e defende Diego Loureiro após falha

Enderson Moreira, no jogo do Botafogo contra o Vasco no Nilton Santos - Vitor Silva/Botafogo
Enderson Moreira, no jogo do Botafogo contra o Vasco no Nilton Santos Imagem: Vitor Silva/Botafogo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

23/09/2021 22h48

O técnico Enderson Moreira admitiu que o Botafogo não teve uma boa atuação na derrota para o CSA, na noite de hoje (23), pela Série B do Campeonato Brasileiro, e saiu em defesa do goleiro Diego Loureiro, que cometeu uma falha no lance que gerou o primeiro gol do time alagoano — o placar final foi 2 a 0.

Apesar do resultado negativo, o comandante alvinegro pediu tranquilidade e afirmou que, neste momento, não se pode "criar um monstro".

Com o placar, o Glorioso desperdiçou a oportunidade de encostar no líder Coritiba, mas se mantém na terceira colocação. Na próxima rodada, a equipe terá o Sampaio Corrêa pela frente.

"Infelizmente, não conseguimos o resultado positivo. Como falei anteriormente, desconheço uma equipe na Série A ou B que consiga fazer um turno com 100% de aproveitamento. Isso não acontece. A gente sabe que, em determinado momento... E tentamos adiar isso o máximo possível, tivemos momentos de muita dificuldade, que, talvez, a vitória possa apagar um pouco o que aconteceu. Acho que, no jogo de hoje, o primeiro tempo foi muito abaixo do que podemos produzir. Isso foi falado no intervalo. Segundo tempo começamos bem, sofremos o gol, e tentamos dar uma nova vida, Mas acabamos sofrendo o segundo, o que nos trouxe dificuldade, e não conseguimos modificar o resultado, embora tivéssemos boas oportunidades", disse.

"Faz parte. Precisamos, acima de tudo, ter tranquilidade para, em um momento desse, não criar um monstro aqui dentro. Foi um resultado ruim, mas que acontece. Precisamos ter tranquilidade para, no domingo, buscar o resultado positivo", completou.

Enderson aproveitou para fazer elogios a Diego Loureiro, que falhou no lance em que Marco Túlio balançou a rede e abriu o placar. Na jogada, ele tentou sair jogando com os pés e a bola foi dominada pelo jogador adversário, que bateu por cobertura. O camisa 29 ainda pulou, mas foi atrasado e a torcida do CSA celebrou.

"Precisamos ser justos na injustiça que é o futebol. O Diego foi responsável, diretamente, por muitos resultados positivos. Tem muita colaboração dele em várias vitórias que tivemos. Resultados que não seriam positivos se ele não tivesse uma atuação tão impecável. Cometeu um erro, e o goleiro, quanto erra, geralmente, é difícil de ter alguém para salvá-lo, a não ser ele mesmo. Aconteceu, mas tem toda a minha confiança. É um menino trabalhador, dedicado, com muita personalidade. Temos muita confiança e temos certeza que nosso torcedor está junto porque sabe da qualidade, do campeonato que ele está fazendo", afirmou.

Botafogo