PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Arnaldo Ribeiro: Gabigol só sabe ganhar, não sabe perder, é como o Neymar

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 18h31

Classificação e Jogos

O Flamengo perdeu para o Grêmio por 1 a 0 no Maracanã, no segundo jogo seguido entre os dois clubes e o atacante rubro-negro Gabigol ficou irritado com a comemoração e as provocações do gremista Borja, autor do gol que deu a vitória ao time gaúcho.

No podcast Posse de Bola #162, Arnaldo Ribeiro afirma que Gabigol tem várias qualidades como jogador, mas tem um problema semelhante a Neymar, que é não saber perder.

"O Gabigol é assim, por isso que o Mauro também elogiou o Borja, porque quando você, como era o caso do Flamengo, vence partidas em série contra o Grêmio, tem comemoraçãozinha, o Borja soube jogar o jogo do lado adversário, comemorou efusivamente também e isso faz parte", diz Arnaldo.

"O Gabigol, que eu elogio tanto, acho um jogador esplêndido, acima da média, o Gabigol está muito mais para Neymar, em termos de comportamento, do que para o Borja, então o Gabigol só sabe ganhar, ele não sabe perder. É como o Neymar, quando perde é aquela coisa, irritadiço, xinga, é culpa de um, é culpa do outro", completa.

Arnaldo afirma que o histórico positivo de resultados do jogador vestindo a camisa do Flamengo influencia para que este aspecto de não saber perder não apareça tanto e considera também que foi um erro de Renato mantê-lo em campo em um jogo no qual o desempenho não era bom.

"Como o Gabigol no Brasil só vem ganhando praticamente, beleza, quando perde, é uma dificuldade. Mantê-lo em campo foi erro, porque não estava jogando nada, quando mudou de posição para entrar o Pedro na frente, ele não conseguiu alimentar o ataque, a dupla de ataque, fazer uma tabela com o Pedro, então acho que tem essa situação das individualidades", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol