PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Em protesto, membros de organizadas do Vasco invadem sala da presidência

Integrantes de organizadas do Vasco invadem sala da presidência do clube - Reprodução
Integrantes de organizadas do Vasco invadem sala da presidência do clube Imagem: Reprodução

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

10/09/2021 14h40

A crise no Vasco ganhou mais um capítulo. Integrantes de torcidas organizadas foram a São Januário na tarde hoje (10), e invadiram a sala da presidência. O ato foi divulgado por perfis em redes sociais e, nos vídeos, é possível ouvir críticas à atual gestão, encabeçada por Jorge Salgado. Em nota, o clube afirma que "as circunstâncias de como se deu esse acesso irregular estão sendo apuradas" e que "não foram registrados atos de violência nem danos ao patrimônio".

O Cruz-Maltino atravessa momento para lá de conturbado. Na nona colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, e com o acesso a cada rodada ficando mais distante, o desempenho também vem tendo reflexos nos bastidores.

Nos vídeos publicados, integrantes das torcidas afirmam que "Isso é só o começo", e "vocês causaram a revolta das torcidas". Além disso, há também questionamentos como "Cadê o comprometimento? Cadê a gestão?". "Dentro da sala do presidente, cadê ele?", perguntam, ao entrar na sala do mandatário, em outro registro dos atos.

"Estamos cansados. Estamos cansados, Salgado. [Leandro] Castan, vamos cobrar esse elenco. Você é o capitão. Ninguém no clube, estão dando folga? Torcida está interditando. Cadê vocês?", fala um dos presentes ao protesto.

Um dos vídeos publicados indica que o grupo entrou no clube pelo restaurante, que pertence à sede do Cruz-Maltino e fica próximo à entrada social do estádio. Depois deste primeiro momento, porém, quem está filmando aparece do lado de fora de São Januário. Logo depois, em outra publicação, já é possível ver os integrantes das organizadas dentro do clube, na parte onde fica a arquibancada social.

Em mais outro registro, pode-se ver membros das organizadas colocando faixas de "interditado" em uma mesa na sala da presidência e em algumas portas da sede.

"(...) Os torcedores acabaram conseguindo acessar as instalações internas através do restaurante. As circunstâncias de como se deu esse acesso irregular estão sendo apuradas pelo Clube.

Os torcedores já foram retirados das instalações do Clube pela intervenção da segurança, com o apoio da Polícia Militar. Não foram registrados atos de violência nem danos ao patrimônio de São Januário", diz trecho da nota publicada pelo Vasco.

O Cruz-Maltino anunciou, ontem (9), a chegada do técnico Fernando Diniz. Ele vai ocupar a vaga de Lisca, que pediu demissão na última quarta-feira.

Jorge Salgado está no primeiro ano de mandato, após vencer eleição que chegou a parar no Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja nota oficial do Vasco:

"O Vasco confirma que as imagens que estão circulando na internet, de integrantes de torcidas organizadas em São Januário, são desta sexta-feira (10/09).

Houve tentativa de invasão à sede do Clube através dos portões 9, 17 e entrada social.

A segurança conseguiu intervir em diversos pontos, no entanto, os torcedores acabaram conseguindo acessar as instalações internas através do restaurante. As circunstâncias de como se deu esse acesso irregular estão sendo apuradas pelo Clube.

Os torcedores já foram retirados das instalações do Clube pela intervenção da segurança, com o apoio da Polícia Militar. Não foram registrados atos de violência nem danos ao patrimônio de São Januário.

O Vasco lamenta o incidente. A administração sempre esteve aberta ao diálogo com todos os públicos relativos ao Clube, inclusive as torcidas organizadas, as quais foram recebidas diversas vezes para reuniões, tanto em São Januário quanto no CT Moacyr Barbosa.

O Vasco da Gama vai tomar as providências cabíveis para que cenas lamentáveis como essas não se repitam".

Vasco