PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Autor de 2 gols, Rigoni considera críticas ao São Paulo "um pouco injustas"

Marcelo Endelli/Getty Images
Imagem: Marcelo Endelli/Getty Images

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

21/07/2021 00h44

Classificação e Jogos

O retorno de Rigoni ao time do São Paulo foi fundamental para a vitória por 3 a 1 sobre o Racing, pelas oitavas de final da Libertadores. O argentino marcou dois gols e ajudou a equipe a avançar à próxima fase da competição continental.

O resultado serviu para dar tranquilidade ao Tricolor. Apenas na 15ª colocação no Brasileirão, a equipe temia uma eliminação na Libertadores, após empatar por 1 a 1 a primeira partida. Questionado sobre as críticas por causa da má fase do time, Rigoni as classificou como "um pouco injustas".

"Mas, bom, é uma equipe muito grande, sempre precisa estar à altura. Quando os resultados não aparecem, sempre aparecem as críticas. Mas acredito que estamos trabalhando duro há muito tempo, mas os resultados não apareciam. Temos que seguir trabalhando mais forte, 100% cada dia para dar o máximo ao São Paulo, que é uma instituição muito grande e que precisa brigar em todas as frentes. O resultado nos dá tranquilidade para trabalhar em um ambiente melhor, mais calmo. A vitória de hoje nos dá muita confiança", afirmou, durante a entrevista coletiva depois da partida.

Rigoni perdeu as últimas três partidas do São Paulo por causa de um edema na coxa direita. Ele era dúvida ao longo da semana, mas conseguiu se recuperar em tempo de viajar para a Argentina. Depois da vitória sobre o Racing, ele se mostrou recuperado da lesão.

"Tive que parar por quase dez dias, porque não estava acostumado a jogar a cada 48, 72 horas, como se joga no Brasileirão, e por isso sofri um pouco nas primeiras partidas. Mas esses 10 dias que parei me fizeram muito bem. Hoje não senti nenhuma dor, nenhum incômodo. Fico feliz", prosseguiu.

Confira outras declarações de Rigoni:

Jogar ao lado de Marquinhos, sem centroavante

Se mostrou muito efetiva (a mudança). Sempre tentamos dar dinâmica ao jogo, dar profundidade. Acredito que nós dois tenhamos as mesmas características, foi o que mostramos dentro de campo e o que praticamos durante a semana. Estou muito feliz com o trabalho da equipe, porque fizemos o que tínhamos que fazer.

Participação na maior parte dos gols do São Paulo

Tentei me adaptar o mais rápido possível a equipe. Creio que o trabalho e como funciona a equipe dentro de campo me ajudam também nas participações no ataque, na parte final da definição das jogadas. Acredito que passe mais por aí. O trabalho que fazem meus companheiros me facilita muitas vezes terminar a jogada da maneira possível. Não sabia desses dados, mas se serve para ajudar a equipe, estou feliz sempre.

São Paulo