PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio vasculha mercado por reforços e vê Felipão obcecado por Paulinho

AFP
Imagem: AFP

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

16/07/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Grêmio trabalha nos últimos dias em duas frentes, literalmente. Em campo, jogadores e comissão técnica treinam para melhorar o desempenho e conseguir resultados no Campeonato Brasileiro, no qual o time é lanterna e segue sem vencer depois de nove partidas. Nos gabinetes, o clube gaúcho vasculha o mercado da bola em atrás de reforços. O volante Paulinho, livre após deixar o futebol chinês, é citado diariamente.

As conversas no Grêmio contam com a participação direta de Felipão. Contratado há uma semana, o treinador tem se mostrado obcecado pela tentativa de buscar o ex-volante de Corinthians, Tottenham, Barcelona e Guangzhou-CHI. A meta gremista é fechar com pelo menos dois nomes. A busca por um goleiro experiente já foi suspensa.

Aos 32 anos, Paulinho está no Brasil e revelou ter recebido ligação de Luiz Felipe Scolari. Além do Grêmio, o Corinthians também tem interesse na contratação dele. Mas, segundo apurou o UOL Esporte, em Porto Alegre o nome é falado com enorme frequência.

Em meio à mobilização por reforços a serem analisados, o meio-campista ex-seleção brasileira, hoje treinando no Red Bull Bragantino, é citado por Felipão com insistência. O clube agora debate valores e tempo de contrato.

O Grêmio admite ter feito consulta, mas mesmo nos bastidores nega já ter entregue proposta a Paulinho. O volante tem oferta do Fenerbahce, da Turquia, e de outros clubes de fora do Brasil. A permanência no país não é a preferência do jogador. Felipão sabe disso.

A ideia no CT do Grêmio é que o elenco atual carece de um jogador polivalente. Capaz de desempenhar mais de uma função no meio-campo. O fato de Scolari já ter trabalhado com Paulinho, na seleção brasileira e China, também pesa.

Além de um jogador para o meio-campo, o Grêmio procura novo centroavante. A contratação de um meia-atacante, jogador de lado com velocidade e boa finalização, também não é descartada. Mas em caso de ser obrigado a priorizar, a diretoria já ouviu que a função pode ficar em segundo plano. Paulinho, não.

Grêmio