PUBLICIDADE
Topo

Futebol

RB Bragantino vence Flamengo de virada com gol no último lance e vira líder

Do UOL, em São Paulo

19/06/2021 23h00

Classificação e Jogos

O Flamengo sofreu sua primeira derrota no Campeonato Brasileiro. O time rubro-negro perdeu por 3 a 2 para o Red Bull Bragantino, hoje (19), no Maracanã, pela quinta rodada, em uma partida decidida no último lance. Chrigor, que entrou no segundo tempo em lugar de Ytalo, marcou de cabeça aos 52 minutos do segundo tempo para decretar o segundo triunfo consecutivo dos paulistas.

A partida foi bastante ofensiva e teve duas viradas. Depois de Aderlan abrir o placar para o Bragantino, o jovem Rodrigo Muniz brilhou e marcou duas vezes para o Flamengo. Ramires voltou a deixar tudo igual no meio do segundo tempo antes de Chrigor, em seu segundo toque na bola, decretar o placar final.

Com a vitória, o Bragantino subiu para a liderança do Brasileirão, com 11 pontos. A equipe paulista, que vinha de triunfo sobre o Corinthians na Neo Química Arena, tem um ponto de vantagem sobre o Fortaleza, que encara o Fluminense amanhã (20). Foi também a terceira vitória do Bragantino como visitante. Na estreia, a equipe havia derrotado a Chapecoense na Arena Condá. Em casa, empatou com Bahia e Fluminense.

Já o Flamengo, que chegou ao confronto com 100% de aproveitamento, se manteve em nono lugar, com seis pontos, mas com dois jogos a menos que a equipe paulista.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrentará justamente Fortaleza, novamente no Maracanã, na quarta-feira (23). A partida marcará a despedida do meio-campista Gérson, que foi contratado pelo Olympique de Marselha. Já o Bragantino, que deve ter o retorno do meia-atacante Claudinho -poupado contra o Flamengo-, recebe o Palmeiras no estádio Nabi Abi Chedid no mesmo dia.

Começo eletrizante no Maraca

O jogo começou com ambas as equipes buscando o ataque. Sobraram velocidade e a busca pelo gol, mas faltou capricho na hora da definição. O Bragantino foi o primeiro que assustou. Aos 10 minutos, Helinho limpou um marcador e chutou da entrada da área para boa defesa de Diego Alves.

Gol do Bragantino que valeria ingresso

Se a partida não fosse realizada com portões fechados, dava para usar o velho chavão de que o gol do Bragantino valeu o ingresso. O time do interior paulista abriu o placar aos 12 minutos em uma jogada nada comum em cobrança de falta. Após o cruzamento baixo de Helinho, a bola passou por Aderlan, mas o lateral teve reflexo para dar um toque de chaleira que encobriu Diego Alves e entrou no ângulo direito. "Quando a bola veio, ela deu uma baixada, e tive que desviar para não dar o contra-ataque. Então foi um pouco sem querer também", declarou o lateral ao canal Premiere.

Defesa vazada após três semanas

O Flamengo não sabia o que era levar gol há 23 dias. O último tento sofrido pelos rubro-negros aconteceu na vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, no mesmo Maracanã, pela segunda partida da final do Campeonato Carioca. Depois disso, os atuais bicampeões brasileiros passaram cinco jogos sem sofrer gol: Vélez Sarsfield (Libertadores), dois jogos contra o Coritiba (Copa do Brasil), América-MG e Palmeiras (Brasileiro).

Flamengo vai para pressão

O Flamengo não deixou por menos ao sair atrás no placar e partiu para cima. Aproveitou o fato de ter muitos jogadores no campo ofensivo para marcar pressão e se deu bem. Em um desses lances, Raul perdeu a bola na intermediária, e Rodrigo Muniz arrancou em direção à área. Na meia-lua, ele bateu no alto e obrigou o goleiro Cleiton a espalmar para escanteio com apenas uma mão.

Poderio ofensivo resolve

Com tanta qualidade no setor ofensivo, é difícil de o Flamengo passar em branco em um jogo. Mas o empate no Maracanã saiu em um lance casual após cobrança de escanteio. A bola foi mal rebatida e sobrou para Filipe Luís, que ajeitou para Michael. O atacante bateu de primeira da entrada da área, mas a bola saiu mascada e sobrou para Rodrigo Muniz mandar para o gol aos 27 minutos.

Muniz substitui craques à altura

A situação de Rodrigo Muniz não é muito confortável no Flamengo, pois tem de brigar por posição com Gabigol e Pedro, dois jogadores que vêm sendo convocados para a seleção brasileira. Mas ele mostrou seu potencial ao ter mais duas chances de gol no primeiro tempo. Na primeira, em um chute cruzado, ele obrigou Cleiton a mandar para escanteio. Na segunda, ele teve a bola à disposição em um chute dentro da área, mas mandou por cima do gol.

Segundo tempo segue bom

Se o primeiro tempo apresentou um jogo franco e com defesas abertas, a etapa final começou com Flamengo e Bragantino produzindo novamente um bom duelo para assistir. Com busca pelo ataque por meio de troca de passes e transições velozes, cada equipe teve uma chance de gol antes mesmo dos 5 minutos. Pelos cariocas, Bruno Henrique arriscou de fora da área para Cleiton espalmar no canto direito. Pelos paulistas, Artur arrancou em velocidade e chutou, mas a bola saiu à esquerda.

Mais um gol que vale ingresso

Rodrigo Muniz coroou sua grande atuação com um golaço, mais um daqueles que vale a cobrança de um ingresso à parte. Aos 18 minutos, Vitinho acionou Matheuzinho pela direita com um toque de cabeça. O lateral avançou e cruzou para a área. Muniz, então, emendou uma bicicleta forte que entrou no canto esquerdo do goleiro Cleiton, colocando o Flamengo na frente no placar.

Defesa rubro-negra falha feio

A defesa do Flamengo, que não levava gol há cinco jogos, voltou a entregar contra o Bragantino. O time rubro-negro mal teve nem tempo para comemorar o golaço de Rodrigo Muniz e levou a igualdade seis minutos depois. Em uma jogada invertida, Aderlan cruzou para o meio da área, e a bola sobrou para Artur. O chute saiu prensado e, após uma sutil subida da bola, Ramires foi ágil para subir entre Willian Arão e Matheuzinho e tocar de cabeça para o gol e empatar o jogo.

15 minutos em campo e o gol decisivo

Chrigor entrou em campo aos 37 minutos do segundo tempo em lugar de Ytalo, que pouco havia contribuído com o ataque do Bragantino. E o substituto deu conta do recado em um lance de grande oportunismo. No último lance da partida, o Bragantino embalou um contragolpe bem executado. O cruzamento da esquerda foi certeiro para Chrigor cabecear entre a defesa rubro-negra, fuzilando o goleiro Diego Alves.

Ficha Técnica

Flamengo 2 x 3 Bragantino
Motivo:
5ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 19 de junho de 2021 (sábado)
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Cartões amarelos: Aderlan, Artur e Lucas Evangelista (Bragantino); Bruno Henrique e Willian Arão (Flamengo)
Gols: Aderlan, aos 12min do primeiro tempo, e Ramires, aos 24min, e Chrigor, aos 52min do segundo tempo (Bragantino); Rodrigo Muniz, aos 27min do primeiro tempo e aos 18min do segundo tempo (Flamengo)

Flamengo: Diego Alves, Matheuzinho, Willian Arão, Rodrigo Caio e Filipe Luís; Diego, Gérson, Michael (Max) e Vitinho; Bruno Henrique e Rodrigo Muniz. Técnico: Rogério Ceni

Bragantino: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Weverson (Natan); Raul, Lucas Evangelista e Ramires (Edimar); Artur, Helinho (Cuello) e Ytalo (Chrigor). Técnico: Cláudio Maldonado

Futebol