PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Sarrafiore e Romulo agradam Cabo em novo formato do meio de campo do Vasco

Sarrafiore fez seu primeiro gol com a camisa do Vasco na vitória por 1 a 0 sobre o Boavista na Copa do Brasil - Thiago Ribeiro/AGIF
Sarrafiore fez seu primeiro gol com a camisa do Vasco na vitória por 1 a 0 sobre o Boavista na Copa do Brasil Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

Ainda durante a disputa das semifinais da Taça Rio, no início de maio, o técnico Marcelo Cabo concedeu entrevista ao programa "Seleção Sportv" onde disse que havia encontrado seu "meio de campo ideal" no Vasco. Porém, passado um mês, a situação mudou e o treinador se viu obrigado a experimentar modificações.

Com seu "cérebro" da equipe, o meia Marquinhos Gabriel, lesionado, o Cruzmaltino passou a ter dificuldades na criação. Foram duas partidas ruins na decisão da Taça Rio — embora conquistasse o título nos pênaltis — e uma frustrante derrota por 2 a 0 para o Operário, em São Januário, na estreia na Série B.

Ontem (1), no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil contra o Boavista, Cabo resolveu mexer tanto em peças quanto nas características do meio de campo, colocando o experiente volante Romulo na vaga do dinâmico paraguaio Galarza e experimentado o meia Sarrafiore no lugar do atacante Figueiredo. O time acabou vencendo por 1 a 0, coincidentemente, com gol de Sarrafiore, e a dupla acabou sendo elogiada.

"Fiquei muito satisfeito com as performances do Romulo e do Sarrafiore. Com a entrada deles, tivemos um meio-campo muito consistente. Andrey e Rômulo [dupla de volantes que atuou] foram uma opção tática, precisávamos desse meio que se completava. Era um jogo mais de passe no segundo terço do campo", avaliou Cabo, que complementou sobre Sarrafiore:

"O Sarrafiore vai precisar de mais ritmo de jogo porque não vinha jogando, mas com a entrada dele, tivemos um meio de campo mais consistente".

Marquinhos Gabriel pode retornar

A disputa por uma vaga na equipe titular para a partida contra a Ponte Preta, neste sábado (5), em Campinas (SP), pela Série B, promete ser acirrada, já que Marquinhos Gabriel tem chances de ficar à disposição do técnico Marcelo Cabo.

Sem jogar desde o dia 8 de maio, quando fez um gol na vitória por 2 a 1 sobre o Madureira na semifinal da Taça Rio, o meia já está recuperado de uma lesão na coxa esquerda e, segundo o departamento cruzmaltino, está em processo de "transição física".

Outro que pode retornar é o zagueiro Leandro Castan, que também enfrentava problemas musculares.

Vasco