PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco vence o Madureira e se classifica para a final da Taça Rio

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/05/2021 18h03

Classificação e Jogos

O Vasco venceu o Madureira por 2 a 1 e está na final da Taça Rio. Na tarde de hoje, em São Januário, o Cruzmaltino saiu na frente, levou o empate ainda no primeiro tempo, mas Cano marcou seu 30º gol pelo clube e garantiu a classificação na etapa final.

Como teve uma campanha melhor na fase classificatória, o Vasco precisava "apenas" de uma vitória simples para avançar após ter perdido o duelo de ida da semifinal por 1 a 0.

A decisão da Taça Rio será contra Nova Iguaçu ou Botafogo, que se enfrentam amanhã, às 18h. Os jogos da final serão realizados nos dois próximos fins de semana.

Vasco pressiona e não tem pênalti marcado

Precisando da vitória para avançar, o Vasco iniciou o jogo em cima do Madureira, que ficava fechado à espera de um contra-ataque. Aos 19, Morato foi empurrado por Juninho dentro da área, mas o árbitro Graziani Maciel Rocha não marcou pênalti.

Marquinhos Gabriel abre o placar

O Vasco era melhor que o Madureira e abriu o placar aos 31, com Marquinhos Gabriel. Após boa jogada pela esquerda, Zeca cruzou, Léo Matos cabeceou e o meia-atacante completou para o fundo da rede. Léo Matos se isolou como maior assistente do time nesta temporada, agora com três.

Madureira se aventura no ataque e consegue o empate

Como o 1 a 0 dava a vaga para o Vasco, o Madureira foi obrigado a mudar sua estratégia e passou a atacar mais. O time não conseguia criar boas jogadas, mas encontrou o empate aos 44 minutos, também em bola pelo alto: Juninho cruzou e Humberto cabeceou sem chances para Vanderlei.

Feitosa salva o Madureira

O Vasco pressionou desde o começo do segundo tempo e acumulou chances desperdiçadas. A mais incrível foi quando Feitosa salvou em cima da linha, de cabeça, após finalização de Marquinhos Gabriel.

Marquinhos Gabriel acerta o travessão

A pressão vascaína continuou. Foram outras boas oportunidades até Marquinhos Gabriel acertar o travessão. Minutos depois, o meia-atacante voltou a levar perigo, em finalização da entrada da área que passou muito perto do gol.

Homenageado, artilheiro Cano põe o Vasco na frente

Antes do jogo, Germán Cano recebeu homenagem por ter se tornado o maior artilheiro estrangeiro do século 21 no clube, com 29 gols. O argentino recebeu uma placa e um quadro das mãos do presidente vascaíno, Jorge Salgado, e atuou com um patch comemorativo na camisa. Aos 35, o centroavante marcou pela 30ª vez, mostrando oportunismo, após o goleiro Felipe Lacerda afastar mal cruzamento. Foi o sexto gol de Cano em oito jogos nesta temporada.

Madureira não mostra poder de reação

Ao contrário do que aconteceu no primeiro tempo, o Madureira não conseguiu pressionar o Vasco depois de ficar novamente atrás no placar. O Cruzmaltino se defendeu bem, não sofreu perigo e garantiu a classificação.

Castan faz 111º jogo pelo Vasco e iguala número obtido pelo Corinthians

Capitão do Vasco, o zagueiro Leandro Castan fez seu 111º jogo, igualando o número de atuações pelo Corinthians entre 2010 e 2012. O Cruzmaltino e a equipe paulista são os clubes que o defensor mais defendeu na carreira.

VASCO 2 X 1 MADUREIRA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 8/5/2021, às 16h
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira Esposito e Lilian da Silva Fernandes
Cartões amarelos: Feitosa, Sillas, Rodrigo Yuri, Bruno Oliveira (Madureira); Zeca (Vasco)
Gols: Marquinhos Gabriel, aos 31 minutos do 1º tempo; Humberto, aos 44 minutos do 1º tempo; Cano, aos 35 minutos do 2º tempo

VASCO: Vanderlei, Léo Matos, Miranda (Figueiredo), Leandro Castan e Zeca; Andrey e Matías Galarza (Caio Lopes); Morato (Juninho), Marquinhos Gabriel e Gabriel Pec (Ricardo Graça); Germán Cano. Técnico: Marcelo Cabo

MADUREIRA: Felipe Lacerda, Bruno Oliveira (Natan), Edmário, Maurício Barbosa e Juninho Monteiro; Feitosa, Rodrigo Yuri (Gutemberg) e Humberto (Yan Tanque); Sampaio (Vander), Sillas e Elias (Bruno Santos). Técnico: Alfredo Sampaio

Vasco