PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco vence Boavista com gol de Sarrafiore e sai na frente na Copa BR

Argentino Sarrafiore comemora seu gol, o primeiro com a camisa do Vasco na vitória sobre o Boavista - Thiago Ribeiro/AGIF
Argentino Sarrafiore comemora seu gol, o primeiro com a camisa do Vasco na vitória sobre o Boavista Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

01/06/2021 23h26

Classificação e Jogos

Embora não tenha apresentado um bom futebol mais uma vez, o Vasco venceu o Boavista, em Bacaxá (RJ), por 1 a 0 - com gol de Sarrafiore - e largou na frente no duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil.

A partida de volta acontecerá no próximo dia 9, em São Januário (RJ), e o Cruzmaltino terá a vantagem de atuar pelo empate para se classificar às oitavas de final. Não há o critério do gol qualificado fora de casa.

Agora o Vasco vira a chave para a Série B - onde estreou com derrota para o Operário por 2 a 0 - e encara a Ponte Preta, em Campinas (SP), no sábado (5). Já o Boavista estreará na Série D, no domingo (6), recebendo o São Bento (SP), em Bacaxá (RJ).

Morato é o destaque antes de cansar

O atacante Morato foi o destaque do Vasco enquanto teve fôlego. Além da assistência para o gol de Sarrafiore, foi o jogador que mais tentou sair do óbvio em campo e arriscou jogadas.

1ª vez como titular, Romulo é disperso

Atuando pela primeira vez como titular após seu retorno ao Vasco, Romulo pareceu um pouco fora de ritmo, dando passes errados e lento na saída de bola.

Léo Jabá pede passagem

Um dos dez reforços do Vasco para a temporada, o atacante Léo Jabá vem pedindo passagem na equipe titular. O jogador novamente entrou bem no segundo tempo e deu nova dinâmica ao time.

Início desatento novamente

Assim como já havia acontecido na derrota por 2 a 0 para o Operário na Série B, o Vasco novamente iniciou a partida desatento e poderia ter sofrido gols. Romulo, por duas vezes, deu passe errado e entregou a bola para o Boavista, que não soube aproveitar.

Sarrafiore faz seu 1º gol pelo Vasco

Embora tivesse mais volume de jogo, o Vasco não conseguiu oferecer muito perigo ao Boavista, até que aos 44 minutos do primeiro tempo, Morato deu uma bela ajeitada para Sarrafiore na entrada da área. O argentino foi esperto e, de primeira e com categoria, chutou, a bola desviou na zaga e morreu no fundo da rede. Foi o primeiro do meia com a camisa cruzmaltina.

Boavista tem boa chance em falta

Aos 14 minutos do segundo tempo, o Boavista teve uma boa oportunidade em cobrança de falta de Jean na meia-lua. Ele chutou forte, mas Vanderlei estava bem posicionado e fez boa defesa.

Delegação do Vasco leva bronca

Ainda no primeiro tempo, integrantes do departamento de futebol do Vasco que acompanhavam a partida na arquibancada do Elcyr Resende levaram uma bronca do árbitro Paulo Roberto Alves Júnior por estarem gritando muito. De acordo com a transmissão do SporTV, Júnior chegou a ameaçar que iria relatar a postura na súmula.

Técnico do Boavista é ex-atacante do Vasco

O técnico do Boavista é um velho conhecido do torcedor do Vasco. Trata-se do ex-atacante Leandrão, que defendeu o Cruzmaltino entre 2015 e 2016 e também tem passagens por Internacional, Botafogo, entre outros.

Outro personagem que também é conhecido em São Januário é Álvaro Miranda, filho do ex-presidente Eurico Miranda que trabalha como coordenador-técnico do clube de Bacaxá.

Quem avançar leva R$ 2,7 milhões

Quem avançar para as oitavas de final da Copa do Brasil garantirá uma premiação de R$ 2,7 milhões. A competição nacional é a que possui a maior bonificação do país.

A chegada do Vasco

Pré-jogo da Vasco TV teve "Bom Gosto"

O convidado musical do pré-jogo da Vasco TV foi o cantor Beça, do grupo de pagode "Bom Gosto". Ele esteve na companhia do ex-atacante Donizete Pantera, campeão da Copa Libertadores de 1998, dos comentaristas André Marques e JP Scofano e do apresentador Alex Calheiros.

BOAVISTA 0 X 1 VASCO
Local:
Elcyr Resende, em Bacaxá (RJ)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
VAR: nesta fase da Copa do Brasil ainda não há VAR
Cartões amarelos: Lucas Lourenço, Ralph (BOA); Andrey, Germán Cano (VAS)
Cartões vermelhos: Lucas Lourenço (BOA)
Gols: Sarrafiore, aos 44 minutos do primeiro tempo (VAS)

Boavista: Ary; Wisney (Caio Felipe), Douglas Pedroso, Victor Pereira e Jean Victor; Jefferson Renan (Gustavo Geladeira), Lucas Lourenço, Michael Douglas e Ralph; Ryan (Marion) e Marquinhos. Técnico: Leandrão.

Vasco: Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Ricardo Graça e Zeca (Riquelme); Andrey (Bruno Gomes), Romulo e Sarrafiore (Léo Jabá); Morato (Figueiredo), Gabriel Pec e Germán Cano. Técnico: Marcelo Cabo.

Vasco