PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2020/2021

Guardiola vê Fernandinho 'impecável' e minimiza pressão antes de final

Fernandinho e Pep Guardiola, técnico do Manchester City, vão disputar a final da Liga dos Campeões - REUTERS/Paul Ellis
Fernandinho e Pep Guardiola, técnico do Manchester City, vão disputar a final da Liga dos Campeões Imagem: REUTERS/Paul Ellis

Do UOL, em São Paulo

27/05/2021 12h04

O técnico Pep Guardiola, do Manchester City, exaltou o papel de Fernandinho no clube inglês. De acordo com o treinador, o brasileiro foi "impecável" ao longo da temporada 2020-21.

"Tem sido um ano muito especial para mim e para o Fernandinho. Eu já o enxergava como uma grande pessoa, mas este ano foi dez vezes maior. Quando esteve em campo, foi bem. Quando não jogou, nos ajudou, ajudou e ajudou. É isso que os capitães têm que fazer: pensar na equipe antes dos próprios interesses, porque têm responsabilidade, foram escolhidos pelos companheiros e pela comissão técnica. O Fernandinho foi impecável. Por isso, jogou tão bem quando esteve em campo e nos deu tanto esse ano, e espero que nos dê mais", disse Guardiola ao TNT Sports.

O Manchester City se prepara para disputar a final da Liga dos Campeões, no próximo sábado (29), contra o Chelsea. Guardiola falou da expectativa para o duelo e não quer pressionar os jogadores do City.

"Todos querem jogar, nem que seja 20 minutos, mas agora acho que temos que, pela minha experiência, nos preparar como se fosse uma partida do Campeonato Inglês, sem muito mais pressão e tensão. A partida por si só tem todo esse tamanho. Os jogadores querem jogar bem e ganhar. A preparação é normal. Vamos focar em dois ou três pontos que pensamos que temos que fazer, viajar para Portugal, comer bem, descansar bem e chegar o mais relaxado possível para a partida", explicou o treinador, que ainda foi questionado sobre a escalação para a final.

"O momento vai decidir a equipe titular. Em parte o momento, em parte a temporada. Eu conheço os jogadores, sei os que têm personalidade para jogar essas partidas e sei que todos vão dar o melhor. Não tenho os onze iniciais na cabeça ainda. Tenho quase todos, mas ainda tenho alguma dúvida", afirmou.

"Estou agradecido a tudo e a todos que fizeram essa final ser possível. Pelo que me lembro da final da Champions League, e faz uma década que joguei minha última, o mais bonito são os dez dias antes da final. Prepará-la, sonhá-la, pensá-la e vivê-la. E também tivemos a conquista do Campeonato Inglês para dar ainda mais sentido."