PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Ceni avalia empate do Fla como ruim e diz que arbitragem foi "desastrosa"

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

16/05/2021 00h33

O técnico Rogério Ceni avaliou o empate do Flamengo com o Fluminense, na noite de hoje (15), pelo primeiro jogo da final do Campeonato Carioca, como ruim e fez reclamações quanto à arbitragem.

O time rubro-negro abriu o placar no primeiro tempo, com Gabigol, e teve domínio de boa parte da partida, mas Abel Hernández, na etapa final, deixou tudo igual. As duas equipes voltam a se encontrar no próximo sábado (22), de novo no Maracanã, às 21h05.

"Resultado foi ruim porque tivemos chance de fazer o segundo, o terceiro, criamos situações de um contra um, cara a cara com o goleiro. Infelizmente, como já aconteceu em outros jogos, tivemos o domínio, criamos, e não conseguimos converter. E, no final, o Fluminense conseguiu fazer o gol. E ainda oferecemos uma oportunidade ao Fluminense de virar. Mas em grande parte do jogo, sob controle, e com a maioria das oportunidades de definir as partidas. Infelizmente não definimos"

"Logicamente, se tivesse a vitória hoje, um placar mais elástico, estaria mais tranquilo. A gente começa sábado que vem em pé de igualdade, mas vamos preparar o time para ter novamente essas oportunidades. Hoje não aconteceu de fazer o segundo gol, vamos ver se sábado que vem a gente traduz essas chances, superioridade, em vantagem numérica", completou.

O comandante do Flamengo não poupou críticas ao árbitro Alexandre Vargas de Jesus. Segundo o treinador, ele estragou o clássico ao não deixar o jogo fluir:

"Jogar os 90 minutos dominando o jogo. Se entra o primeiro, o segundo, talvez, com mais facilidade faria os gols. Quando não entra, tem um cruzamento na área, um juiz que picota o jogo todo. O cara estragou o jogo. Eu não falei nenhuma vez de arbitragem no Carioca, março de hoje dava uma falta a cada cinco, 10 metros. Deve ter sido o recorde de falta em jogo do Flamengo. Ele mata o jogo, não dá ritmo, e nem acréscimo ao final. A arbitragem desastrosa que favorece o que adversário tem de melhor, que são as bolas na área".

Flamengo