PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Gil do Vigor é atacado por outro conselheiro do Sport: "Envergonha a marca"

Camilla e Gil ficaram emocionados com show de Pabllo e Preta Gil - Reprodução/Globo
Camilla e Gil ficaram emocionados com show de Pabllo e Preta Gil Imagem: Reprodução/Globo

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

15/05/2021 08h18

Mais um caso de homofobia relacionado à presença de Gil do Vigor na Ilha do Retiro ocorreu entre os integrantes do conselho deliberativo do Sport. Áudios enviados ao UOL Esporte na manhã de hoje (15) pelo também conselheiro Romero Albuquerque revelam Renan Valeriano defendendo a atitude do colega Flávio Koury.

Em áudios vazados na tarde de ontem (14), Koury afirma que a dança encenada pelo participante dentro da Ilha do Retiro representa "uma desmoralização" para a torcida que vai achar que "na Ilha só tem viado".

Torcedor do Sport, Gil foi convidado pelo clube para conhecer o estádio na última quarta-feira. Lá, ele posou para fotos, deu entrevista e fez a famosa coreografia "tchaki tchaki". O vídeo da visita gerou pouco mais de 1.2 milhão de visualizações nas redes sociais do clube.

"Também sou conselheiro do Sport, compactuo com o que foi falado pelo doutor Flávio e não concordo com a veiculação da nossa marca da nossa imagem por esse cidadão que não tem nenhum serviço prestado ao Sport, pelo contrário, ele empobrece e envergonha a marca Sport Club do Recife. Reitero todas as palavras do doutor Flávio", disse Renan.

A reportagem tentou entrar em contato com o conselheiro, mas ele não respondeu. Caso se manifeste, sua posição será adicionada ao texto.

"Não poderia permitir que um ato de homofobia ficasse exclusivamente nas quatro paredes desse grupo", disse o deputado Romero Albuquerque. Ele disse que também vai pedir a expulsão de Renan e de Jayme do quadro de conselheiros do Leão, assim como fez ao encaminhar a solicitação à mesa diretora ainda na tarde de ontem.

Clube e jogador se pronunciam

O Sport se posicionou nas redes sociais: "O Sport é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport. Um clube plural, do povo, maior torcida do Norte e Nordeste. Não segregamos quem ama o Sport. O amor que une nossa torcida ao clube é incondicional", diz o post.

Durante a manhã de hoje, o capitão Patric também se posicionou a favor do ex-BBB Gil do Vigor após os comentários homofóbicos. "Gil do Vigor, como capitão do Sport e representando todos os meus companheiros. Gostaria humildemente de falar do Sport, o Sport que é grande e o maior clube do Nordeste. O Sport, ele é plural, ele ama todos, ele cuida de todos, ele abraça todos. Você é um guerreiro", diz o atleta em apoio ao ex-participante do programa global.

Gil se manifestou ontem por meio das redes sociais sobre o ocorrido. "Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e, posso garantir, ainda machuca muito! Mas sigo firme e providências serão tomadas".