PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians joga no Uruguai por sobrevivência na Sula e teste do elenco

Jogadores do Corinthians comemoram gol de Fábio Santos, diante do Novorizontino  - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Jogadores do Corinthians comemoram gol de Fábio Santos, diante do Novorizontino Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

13/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

O rodízio no elenco foi mantido no Corinthians. Convicto sobre seu planejamento, o técnico Vagner Mancini poupou seis titulares e foi para o Uruguai — onde o Timão encara o Peñarol hoje (13), às 21h30 (de Brasília), pela Copa Sul-Americana — com uma equipe mista. É um teste de fogo para o grupo de jogadores do Alvinegro, que se reveza entre os jogos internacionais e o Campeonato Paulista.

Classificado para as semifinais do estadual e aguardando seu adversário da próxima fase do Paulistão, o Corinthians não fará loucuras para manter vivas as esperanças de classificação na Sul-Americana. Se perder hoje para o Peñarol em Montevidéu, o clube do Parque São Jorge estará eliminado da competição da Conmebol ainda na 4ª rodada da fase de grupos.

Isto porque, pelo regulamento do torneio, apenas o campeão da chave avança para o mata-mata. O Corinthians tem quatro pontos em nove disputados, enquanto os uruguaios possuem 100% de aproveitamento. Por isso, uma vitória do Peñarol nesta noite impossibilitaria o Timão de ultrapassar a equipe de Montevidéu dentro do Grupo E.

A semana envolve três decisões para o Corinthians (uma delas já superada, contra a Inter de Limeira, nas quartas de final do Campeonato Paulista) e a opção da comissão técnica foi rodar o elenco. Hoje, o Timão deve entrar em campo com Cássio; Mandaca, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Xavier e Camacho (Roni); Gustavo Mosquito, Vitinho e Mateus Vital; Jô.

Mesmo com o esquema com três zagueiros dando resultado com os titulares e a equipe apresentando visível evolução ofensiva, Mancini não quer correr riscos no Paulistão. Com exceção ao goleiro Cássio, toda a equipe será trocada para enfrentar o Peñarol. Na visão do treinador, as alterações não significam que o Corinthians perca força.

"Sinceramente, eu não sei qual é a equipe titular do Corinthians. Hoje tenho vários atletas em condições de entrar e jogar. É importante dizer que em uma semana como essa vamos ter que fazer opções", explicou Mancini na última terça (11) sobre a necessidade de rodar o elenco.

A oportunidade está no colo dos garotos da base, como Mandaca, Roni e Xavier, e também para atletas mais experientes do grupo mas com poucas oportunidades de demonstrarem serviço - como são os casos de Camacho e Léo Natel. A força do grupo do Corinthians, algo tão contestado nos últimos meses, será testada nesta noite.

Corinthians