PUBLICIDADE
Topo

Inglês - 2020/2021

Campeonato Inglês cria regras para impedir surgimento de ligas europeias

Organização da Premier League vai obrigar clubes a assinarem um novo estatuto para participarem da competição - Michael Regan/Getty Images
Organização da Premier League vai obrigar clubes a assinarem um novo estatuto para participarem da competição Imagem: Michael Regan/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

03/05/2021 12h01

Classificação e Jogos

A organização do Campeonato Inglês (Premier League) divulgou, na manhã de hoje, um comunicado anunciando medidas para impedir o surgimento de novas ligas na Europa. O ato ocorre duas semanas após o fracasso da Superliga, que teve participação de seis times locais.

De acordo com o texto, todos os clubes envolvidos no campeonato deverão assinar "um novo estatuto social", "comprometendo-se com os princípios da Premier League."

A entidade afirmou que equipes que violarem as novas regras "estarão sujeitas a sanções significativas", sem detalhar, no entanto, quais as punições adotadas. O estatuto prevê a proibição de participação de times em ligas alternativas.

Citando diretamente a Superliga, os organizadores da elite do futebol inglês informaram que "as ações de alguns clubes não podem criar divisões" e mostraram ainda estar "determinados a estabelecer a verdade sobre o que aconteceu e responsabilizar esses clubes por suas decisões e ações" - os seis times do país envolvidos na polêmica são: Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham.

Entidade pede "protestos pacíficos"

Por fim, a Premier League condenou as manifestações ontem no estádio Old Trafford, que adiaram a partida entre Manchester United e Liverpool, cujos proprietários eram os maiores entusiastas ingleses da Superliga.

"Estamos empenhados em manter um diálogo estreito com os torcedores e seus representantes, enquanto trabalhamos com a FA [Football Association] e o governo para identificar soluções, mas pedimos que todos os protestos sejam pacíficos. As ações de uma minoria dos presentes em Old Trafford no domingo não têm justificativa e serão investigadas pela Premier League e pela FA, bem como pela Polícia de Manchester", finalizou o texto.