PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Uefa ofereceu dinheiro para times ingleses saírem da Superliga, diz jornal

Presidente da Uefa surgiu extremamente irritado com Superliga e defendeu a Champions League - GettyImages
Presidente da Uefa surgiu extremamente irritado com Superliga e defendeu a Champions League Imagem: GettyImages

Do UOL, em São Paulo

20/04/2021 23h51

Após o anúncio da criação da Superliga Europeia, a competição perdeu o plantel de metade das equipes. Os times ingleses, Arsenal, Liverpool, Tottenham, Chelsea, Manchester City e Manchester United decidiram sair dois dias depois. Além da repercussão negativa ao redor do mundo, a UEFA teria oferecido dinheiro para esses clubes se retirarem do novo campeonato que faria oposição à tradicional Champions League, segundo o jornal "Mundo Deportivo".

O mesmo dinheiro oferecido para os times ingleses não chegou aos times espanhóis, que seriam os principais inimigos da UEFA, segundo o jornal.

A briga entre a nova Superliga, a UEFA e a Fifa se estendeu durante esses dois dias com declarações de ambas partes. Houve ameaça dos times da Superliga serem desclassificados da Champions League desse ano, da Eurocopa, dos campeonatos nacionais e até mesmo da Copa do Mundo. Nesta terça-feira foi anunciado que a nova competição está suspensa e passará por uma 'remodelação'.

Futebol