PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco aproveita Taça Rio como laboratório antes de volta dos titulares

Marcelo Cabo, técnico do Vasco, em ação durante treino da equipe profissional - Rafael Ribeiro/Vasco
Marcelo Cabo, técnico do Vasco, em ação durante treino da equipe profissional Imagem: Rafael Ribeiro/Vasco

Do UOL, em São Paulo

02/05/2021 04h00

A derrota para o Madureira não foi um bom resultado para o Vasco, que agora precisa vencer o jogo de volta para chegar à final da Taça Rio. Porém, apesar do placar negativo, a partida serviu para que o treinador Marcelo Cabo observasse com mais atenção alguns jogadores do elenco, já que boa parte dos titulares foram poupados.

Depois do jogo, o comandante ressaltou a entrega do time e alguns jovens que souberam aproveitar a oportunidade. Os mais elogiados foram o zagueiro Ulisses e volante Caio Lopes.

"Não daria para marcar pressão com um jogador a menos, então por isso no intervalo fiz algumas mudanças na postura do time. Alguns jovens foram muito bem. Ulisses foi muito seguro atrás, o Caio entrou e deu conta do recado, marcou, sustentou, fez ligações, e o Juninho, que entrou muito bem. O João Pedro também foi bem, vale destacar", afirmou o treinador, em entrevista coletiva realizada após o jogo.

O técnico vascaíno afirmou que está no planejamento ter alguns reforços pontuais, mas a ideia principal da comissão técnica é potencializar o talento e qualidade dos jogadores que estão no elenco.

"Só dá para avaliar os jovens jogadores se colocarem eles para jogar. É isso aconteceu hoje, deu para avaliar bem. Fiquei muito satisfeito com a entrega dos jogadores, tivemos chances de empatar no final da partida. Estamos pensando em ter reforços pontuais, mas preciso potencializar esses que já estão no elenco, temos que ter convicção nesses meninos, precisamos ter confiança neles", ressaltou.

Além da Taça Rio e da Série B, o Vasco também está na Copa do Brasil.

Vasco