PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Com um a menos, Vasco perde para o Madureira na semifinal da Taça Rio

Do UOL, em São Paulo

01/05/2021 17h12

Classificação e Jogos

Na tarde de hoje (1º), o Vasco visitou o Madureira no estádio Aniceto Moscoso, em partida válida pela ida da semifinal da Taça Rio, e perdeu por 1 a 0, gol de Sampaio. A partida foi marcada pela reestreia do volante Rômulo no clube cruzmaltino.

O time comandado pelo técnico Marcelo Cabo jogou com um a menos desde os 29 minutos do primeiro tempo, quando o meia Laranjeira recebeu o segundo cartão amarelo.

Com esse resultado, a equipe cruzmaltina precisa vencer no próximo sábado (8), em São Januário, por qualquer resultado para garantir vaga na final, já que possui vantagem da igualdade por ter campanha melhor que o adversário.

Reestreia de Rômulo

Depois de praticamente uma década, o volante Rômulo voltou a ser titular com a camisa cruzmaltina. O jogador defendeu o clube de 2010 a 2012 e foi anunciado como reforço há algumas semanas. Ele estava no grupo que conquistou a Copa do Brasil de 2011.

Rômulo foi substituído aos 39 minutos do primeiro tempo por causa de um desconforto na coxa.

Quem foi bem: Sampaio

O atacante Sampaio foi o destaque da partida, marcada por um nível técnico baixo. Além de fazer o gol da vitória, ele incomodou a defesa do Vasco e buscou jogo pelo Madureira.

Quem foi mal: Laranjeira

A partida mudou por completo aos 29 minutos do primeiro tempo, quando o meia do Vasco levou o segundo cartão amarelo após lance com Humberto, do Madureira. Vale destacar que o jogador levou o primeiro cartão amarelo três minutos antes, aos 26.

Atuação do Madureira

O Madureira preferiu jogar de forma mais cautelosa para levar a decisão da vaga para o próximo jogo. No segundo tempo, o time se soltou mais, aproveitando a vantagem numérica, e chegou ao gol com Sampaio, após cruzamento de Sillas.

Atuação do Vasco

A expulsão atrapalhou o Vasco, que pouco conseguiu criar com um jogador a menos em campo. No entanto, mesmo antes da saída de Laranjeira, o time não jogava bem e pouco criava no ataque.

No segundo tempo, a equipe voltou a criar pouco e levou o gol após falha do sistema defensivo.

Cronologia do Jogo

A partida começou com polêmica logo de cara. Aos 2 minutos, o zagueiro Edmário deixou o braço no rosto de Ricardo Graça, cortando o supercílio do defensor vascaíno. O árbitro deu cartão amarelo ao jogador do Madureira, porém alguns membros da comissão vascaína queriam o vermelho.

Até o momento da parada técnica, aos 20 minutos, o jogo foi de muita entrega dos dois times, mas pouca técnica e raros momentos de tensão para as defesas. Os passes errados também eram frequentes, mesmo quando o jogador com a bola não estava pressionado.

Após a pausa, o Vasco voltou melhor e quase abriu o placar aos 26 minutos. Léo Jaba recebeu, cortou o defensor e chutou forte, sem chances para o goleiro Felipe Lacerda, mas a bola explodiu na trave.

No entanto, no lance seguinte, Laranjeira, que já estava amarelado, levantou demais o pé na dividida e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o cruz-maltino com um jogador a menos.

Na volta do intervalo, o Madureira melhorou e comandou as ações do jogo. Depois de chances criadas por Rodrigo Yuri e Elias, os mandantes abriram o placar com Sampaio, que aproveitou cruzamento de Sillas.

Aos 39 minutos, o Vasco ficou perto do empate com Bruno Gomes, mas o goleiro Felipe Lacerda fez grande intervenção. No rebote, Rodrigo Yuri travou chute de João Pedro, que estava pronto para marcar.

FICHA TÉCNICA
MADUREIRA 1 X 0 VASCO

Competição: fase semifinal da Taça Rio
Data: 01/05/2021
Hora: 15h15 (de Brasília)
Local: estádio Aniceto Moscoso, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Diego Luiz Couto Barcelos e André Roberto Smith Silveira
Cartões amarelos: Edmário, Sillas, Juninho, Rodrigo Yuri e Wander (Madureira); Bruno Gomes, Lucas Figueiredo e Juninho (Vasco)
Cartão vermelho: Laranjeira (Vasco)
Gol: Sampaio, aos 13 minutos do segundo tempo

Madureira: Felipe Lacerda, Bruno Oliveira (Yan Marcelo), Mauricio, Edmário e Juninho; Feitosa (Wander), Rodrigo Yuri e Humberto (Rhuan); Sampaio, Sillas Gomes e Elias (Bruno Santos). Técnico: Alfredo Sampaio.

Vasco: Vanderlei; Cayo Tenório, Ulisses (Menezes), Ricardo Graça e Riquelme; Bruno Gomes, Rômulo (Caio Lopes), Laranjeira e Figueiredo (Arthur); Léo Jaba (João Pedro) e Tiago Reis (Juninho). Técnico: Marcelo Cabo.

Vasco