PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2020/2021

Real busca empate com Chelsea no jogo de ida da semi da Champions

Real Madrid e Chelsea fazem o jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões - PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP
Real Madrid e Chelsea fazem o jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões Imagem: PIERRE-PHILIPPE MARCOU / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/04/2021 17h51

Classificação e Jogos

Real Madrid e Chelsea ficaram no empate por 1 a 1 hoje, no primeiro jogo da semifinal da Liga dos Campeões. O time inglês saiu na frente com um belo gol de Christian Pusilic, e os comandados de Zinedine Zidane igualaram com o oportunismo de Karim Benzema. A partida foi disputada no estádio Alfredo Di Stéfano, na Espanha.

Mesmo fora de casa, o time de Londres buscou mais o ataque, principalmente no primeiro tempo e criou mais oportunidades claras do que os espanhóis. Já o Real Madrid encontrou dificuldades para furar a defesa do Chelsea. Com o resultado, os ingleses jogam por um empate sem gols na partida de volta, que acontece na próxima quarta-feira, 5, para avançar à final do torneio.

O atacante brasileiro Vinícius Junior não teve muito espaço na partida. Muito bem marcado pela defesa inglesa, o camisa 20 tomou cartão amarelo ainda no primeiro tempo. Sem brilhar como em outras partidas, Vini acabou substituído por Eden Hazard aos 20 minutos do segundo tempo. Já Éder Militão teve uma atuação firme na defesa do time merengue e mostrou maturidade como titular, ajudando a segurar o ataque do Chelsea.

A partida contou com um número expressivo de jogadores brasileiros em campo. No lado do time espanhol, Éder Militão, Casemiro, Marcelo, Vini Jr e Rodrygo atuaram. Já pelos ingleses, o zagueiro Thiago Silva começou entre os titulares.

Primeiro tempo:

A primeira etapa começou bem parelha com ambas as equipes entendendo a possível proposta de jogo do adversário. O Chelsea começou a se aventurar cedo, com apenas nove minutos Timo Werner recebeu um bom passe do contra-ataque de Mason Mount e fez Courtois trabalhar com os pés na primeira oportunidade dos ingleses.

Aos 12, o Chelsea chegou bem novamente, porém o setor defensivo do time espanhol trabalhou bem, no minuto seguinte, Rudiger lançou Pulisic à distância. O camisa 10 teve toda a calma dentro da área para tirar o goleiro belga da jogada e abrir o placar para os comandados de Thomas Tuchel.

A melhor chance do Real Madrid aconteceu aos 22 minutos com Benzema. Após passe de Vini Jr, o atacante francês arriscou de fora da área e fez o goleiro Mendy trabalhar pela primeira vez.

Aos 27 minutos, Vini Jr tomou cartão amarelo após uma entrada no camisa 10 do Chelsea. No minuto seguinte, Benzema aproveitou uma jogada que saiu dos pés de Kroos, passou por Modric, Marcelo, Casemiro e Militão. Ao dominar dentro da área, o atacante empurrou para dentro e deixou tudo igual.

Após o empate, ambas as equipes continuaram buscando oportunidades, porém, além dos jogadores adversários, os atletas tiveram problemas com um gramado pesado, devido a forte chuva no Alfredo di Stéfano. A primeira etapa acabou sem acréscimos e com 52 a 48 de posse de bola para os ingleses.

Segundo tempo:

A segunda etapa começou sem troca para ambas as partes. Nos primeiros dez minutos de jogo, o Chelsea teve mais controle do jogo, mas teve que lidar com um setor defensivo muito bem postado, o que dificultava o sucesso nas finalizações para gol e nas tentativas de mudar o placar.

As primeiras mudanças aconteceram por volta dos 20 minutos do segundo tempo. Zidane optou por Hazard no lugar de Vinícius Junior. Já Tuchel colocou Ziyech, Havertz e Reece James no lugar de Pusilic, Timo Werner e Azpiliqueta. Um pouco depois, o Real tentou colocar mais pressão no setor defensivo dos blues e colocou Odriozola e Asensio na partida.

Mesmo com as mudanças, os times não tiveram muitas oportunidades de mudar o placar construído na primeira etapa. Com 40 minutos do segundo tempo, a posse de bola estava em 50 a 50 entre os dois, mostrando uma partida bem equilibrada.

Próximos compromissos:

O Real Madrid volta aos gramados no próximo sábado, 1º, quando recebe o Osasuna, às 16h (de Brasília), pelo Campeonato Espanhol. Depois disso, na quarta-feira, 5, viaja para a Inglaterra, onde faz o jogo de volta contra o Chelsea, pela Liga dos Campeões.

Já o Chelsea, receberá o Fulham, no dia 1º, às 13h30 (de Brasília), pelo Campeonato Inglês e volta a jogar somente na quarta-feira, 5, para receber o Real Madrid para os noventa minutos finais da busca pela vaga na final da Champions.

Como Neymar ligou chance de ser melhor do mundo à Champions League

Você acha que Neymar vai conquistar, um dia, o título de melhor do mundo? A possibilidade existe, mas existe uma coisa no caminho: a Liga dos Campeões. O UOL Esporte Explica, com Domitila Becker, explica como a saída do Barcelona ligou, obrigatoriamente, a conquista da Champions a uma coroação do brasileiro como melhor do planeta. Veja:

Outros capítulos de UOL Esporte Explica: