PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Camacho prevê problemas para o Corinthians na Sul-Americana: "é traiçoeira"

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

21/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

Candidato a titular do Corinthians na estreia da equipe na Copa Sul-Americana, o volante Camacho é o único jogador do elenco que já foi campeão do torneio continental. Em busca do bicampeonato, o meio-campista alerta seus companheiros de trabalho sobre as dificuldades da competição e lembra que o Alvinegro tem pela frente um rival tradicional: o River Plate do Paraguai.

"Mudou um pouco o formato, mas é a mesma coisa. Só classifica um e a gente não pode perder pontos bobos. É uma competição traiçoeira, em que a gente tem que entrar com força total para conseguir se classificar no grupo", argumentou o jogador em sua participação no podcast UOL Corinthians.

A estreia do Timão acontece amanhã (22), às 21h30 (horário de Brasília), diante do River Plate, em Assunção (PAR). A equipe paulista é a cabeça de chave do Grupo E, que ainda tem Sport Huancayo-PER e Peñarol-URU. Como apenas o primeiro se classifica após os jogos de ida e volta, Camacho liga o alerta e pede atenção redobrada.

"É uma chave complicada. As informações do River Plate iremos receber hoje [ontem]. Vamos ter uma reunião com a comissão técnica para saber, conhecer o time deles. Não tem favoritismo. Tem o Peñarol que é um gigante do futebol sul-americano, e como classifica só um, não podemos perder pontos dentro de casa e precisamos estrear bem fora de casa. Sabemos que vai ser dureza. O Peñarol é um time grande e temos que respeitar", afirmou o jogador, campeão da Sul-Americana na temporada 2018 com a camisa do Athletico-PR.

Neste início de temporada, Camacho ficou no banco de reservas do Corinthians. No entanto, nos jogos contra Ferroviária e Ituano, quando o técnico Vagner Mancini utilizou os suplentes, pelo Paulistão, para dar descanso aos titulares, o jogador conseguiu se destacar com um gol e uma assistência. As atuações lhe renderam elogios internos e o meio-campista pode até ganhar vaga no time que enfrentará o River Plate.

"Espero que possa botar a dúvida na cabeça dele [Mancini]. Todo jogo e todo treino é um teste. Ele está nos vendo treinar, está vendo com quem ele pode contar e acho que isso é o mais importante. Sabemos que o time titular é aquele que jogou contra o Guarani e contra o São Bento, mas pode mudar a qualquer momento. No futebol tudo muda e quem está bem pede passagem. Sabemos que seria uma chance de ouro para nós e acho que todo mundo aproveitou bem. Agora, está com ele e vamos ver o que ele vai decidir", finalizou o volante.

Corinthians