PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Milly Lacombe: Corinthians não tem começo, meio e fim, não há o que esperar

Do UOL, em São Paulo

17/04/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Corinthians apenas empatou com o São Bento na Neo Química Arena ontem (16) depois de sofrer um gol em bela jogada do lateral Gabriel e chegar à igualdade em pênalti cobrado por Fábio Santos, mas voltou a não conseguir uma boa atuação sob o comando do técnico Vagner Mancini, mesmo diante de um time que não venceu no Campeonato Paulista e é antepenúltimo na classificação geral, brigando para não ser rebaixado.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte com os jornalistas Vinicius Mesquita, Renato Maurício Prado, Milly Lacombe e Menon, Milly analista a atuação corintiana e vê o time como um dos piores que o clube teve nas últimas décadas, correndo o risco de brigar para não cair no Campeonato Brasileiro este ano.

"Esse Corinthians que eu vi jogar hoje me lembrou muito não o Corinthians de 2007, que caiu, mas um Corinthians que para mim foi pior do que esse, o Corinthians de 2004, um Corinthians que tinha no meio de campo, Fabrício, Fabinho, Samir e Piá, Régis Pitbull no ataque, foi um Corinthians assim lastimável, e isso o que eu vi hoje do Corinthians, depois eu vi Palmeiras e São Paulo, embora não tenha sido um jogo bom, foi uma outra experiência futebolística, o que eu vi em campo do Corinthians não tem lé com cré, não tem começo, meio e fim, não tem o que esperar desse Corinthians, talvez não cair, pode ser", afirma Milly.

Renato Maurício Prado concorda que está difícil encarar os jogos do Corinthians e não vê o time evoluir sob o comando de Vagner Mancini, considerando que a continuar jogando desta maneira, o risco de rebaixamento existe.

"Jogo do Corinthians hoje em dia dói no olho, é difícil de ver. Até para quem gosta de futebol, até para quem trabalha no futebol, é um sacrifício. Não sai nada, esse time do Mancini não sai bulhufas, vai arrumar um gol em um pênalti em que o cara foi ignorante. Pois foi a única maneira que o Corinthians arrumou de fazer um gol, não chegou nem perto depois disso, muito ruim. Eu não sei, com esse time, eu acho que o Corinthians vai brigar para não cair", opina Renato.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol