PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

William fez rigorosos exames no coração antes de assinar com o São Paulo

William, volante do São Paulo, passou por rigorosos exames cardiológicos antes de assinar contrato - Rubens Chiri/saopaulofc.net
William, volante do São Paulo, passou por rigorosos exames cardiológicos antes de assinar contrato Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

01/04/2021 04h00

O São Paulo anunciou a contratação de William, na última terça-feira (30), até o fim de 2021. Antes de confirmar o meio-campista como seu reforço, contudo, o clube fez uma série de exames de rotina. Dentre as avaliações clínicas, foi feita rigorosa análise sobre situação cardiológica do atleta, que sofreu com problema no coração durante a adolescência, ainda nas divisões inferiores do Palmeiras. Não houve novo impedimento diagnosticado.

O médico Nabil Ghorayeb foi o responsável pelo processo de exames. O cardiologista, curiosamente, foi o responsável por descobrir o problema do jogador quando ele foi revelado pelo rival são-paulino, aos 16 anos.

Na época em que estava nas categorias de base do clube alviverde, ele descobriu que tinha um bloqueio do ramo esquerdo, que é a interrupção parcial ou completa do pulso elétrico no lado esquerdo do coração. Sofreu, por isso, duas paradas cardíacas.

As duas partes se preocuparam com a possibilidade de um novo problema clínico e preferiram se resguardar antes do anúncio do contrato de William. O meio-campista, todavia, está livre de impedimentos e ficou à disposição da comissão técnica para os treinos realizados no CT da Barra Funda. Ele tem trabalhado ao lado do elenco comandado por Hernán Crespo nos últimos dias.

O contrato de William foi assinado até dezembro de 2021 e tem a possibilidade de renovação automática por mais uma temporada, conforme metas estabelecidas em cláusulas do compromisso. O atleta será apresentado pelo departamento de futebol na tarde de hoje (1º), no Morumbi.

São Paulo