PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians precisa superar 'fantasma' da Vila Belmiro para regressar ao G8

A última vez do Corinthians na Vila Belmiro foi em 2019 com derrota para o Santos  - Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians
A última vez do Corinthians na Vila Belmiro foi em 2019 com derrota para o Santos Imagem: Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Yago Rudá

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/02/2021 04h00

O Corinthians visita o Santos hoje (17), às 19h (horário de Brasília), na Vila Belmiro, território hostil ao clube do Parque São Jorge. Brigando para retornar ao G8 do Brasileirão e, consequentemente, ao grupo de classificados à Copa Libertadores 2021, o Timão tem o desafio de voltar a vencer no estádio do Peixe, algo que não acontece há mais de seis anos.

Historicamente, a Vila Belmiro é um estádio inóspito ao Corinthians. São 46 jogos por lá em toda a história e aproveitamento inferior a 28% dos pontos disputados. Nos últimos dez duelos entre as equipes na casa do Alvinegro praiano, o time da capital paulista foi derrotado oito vezes, empatou uma e ganhou apenas.

O último triunfo do Corinthians na casa do rival foi em agosto de 2014, no primeiro turno do Brasileirão daquela temporada. Na ocasião, a equipe comandada por Mano Menezes venceu o clássico por 1 a 0, com gol do zagueiro Gil — que será titular do Timão no duelo de hoje —, aos 40 minutos do segundo tempo. De lá para cá, o retrospecto é amplamente favorável ao Santos.

Agora, o Timão precisa da vitória para retornar ao G8, uma vez que ocupa a 10ª colocação, com 49 pontos, enquanto o Santos é o nono, com um ponto a mais. Atualmente, o oitavo lugar pertence ao Athletico-PR, que tem a mesma pontuação do Peixe, mas um jogo a mais. Por isso, o clássico paulista pode ser um divisor de águas para corintianos e santistas.

Importante ressaltar que a existência do G8 ainda não está matematicamente confirmada. Para que isso aconteça, o Palmeiras (campeão da Copa Libertadores) e o Grêmio (finalista da Copa do Brasil justamente diante do Alviverde) precisam terminar o Brasileirão entre os oito primeiros colocados.

Uma derrota ou até mesmo um empate pode ser desastrosa para as pretensões do Corinthians nesta reta final do Brasileirão. O clube ainda recebe o Vasco na Neo Química Arena e duela com o Internacional, no Beira-Rio, na última rodada. É o último confronto direto da equipe comandada por Vagner Mancini nesta temporada.

Corinthians