PUBLICIDADE
Topo

Chelsea

Chelsea anuncia demissão de Lampard; jornal vê Tuchel como favorito

Ídolo como jogador, inglês ficou por menos de dois anos comandando a equipe do Chelsea - REUTERS/Issei Kato
Ídolo como jogador, inglês ficou por menos de dois anos comandando a equipe do Chelsea Imagem: REUTERS/Issei Kato

Do UOL, em São Paulo

25/01/2021 08h11Atualizada em 25/01/2021 12h15

Classificação e Jogos

O Chelsea anunciou a demissão de Frank Lampard como técnico de sua equipe principal. O comunicado foi divulgado na manhã de hoje por meio do site oficial do clube.

Contratado no meio de 2019, Lampard, ídolo da equipe como jogador, não conseguiu engatar uma boa sequência no início desta temporada. O time ocupa, atualmente, apenas a 9ª posição do Campeonato Inglês.

"Esta foi uma decisão muito difícil, e não tomada levianamente pelo proprietário e pela diretoria. Somos gratos a Frank pelo que ele conquistou em seu tempo como treinador principal do clube. No entanto, os resultados e desempenhos recentes não corresponderam às expectativas do Clube, deixando o clube no meio da tabela sem qualquer caminho claro para uma melhoria sustentada", inicia o comunicado do Chelsea.

"Nunca pode haver um bom momento para se separar de uma lenda do clube como Frank, mas após longa deliberação e consideração, foi decidido que uma mudança é necessária agora para dar ao clube tempo para melhorar o desempenho e os resultados nesta temporada", completa o texto.

Roman Abramovich, dono do clube, lamentou a necessidade da iniciativa ao site oficial. "É uma decisão muito difícil para o clube, até porque tenho uma excelente relação pessoal com Frank e tenho o maior respeito por ele. Ele é um homem de grande integridade e tem a mais alta ética de trabalho. No entanto, nas atuais circunstâncias, acreditamos que é melhor mudar de gerente."

Sucessor alemão?

O jornal The Telegraph, antes do anúncio oficial, informou que o técnico Thomas Tuchel, demitido do PSG há cerca de um mês, é o principal favorito para assumir o comando do clube londrino.

O alemão, que acumula passagens também pelo Mainz e pelo Borussia Dortmund, pode assinar com o Chelsea já nas próximas horas, ainda segundo o veículo.

Chelsea